Salada Verde

Israel usa esterco de gado para produzir energia

Maior usina de biogás do país, a Be’er Tuviya atenderá cerca de 6 mil lares e evitará a poluição causada pelo despejo inadequado de dejeto.

Redação ((o))eco ·
7 de março de 2013 · 9 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
 
Produção de energia a partir do esterco abastecerá 6 mil casas em Israel. Foto: Indea/MT
Produção de energia a partir do esterco abastecerá 6 mil casas em Israel. Foto: Indea/MT

Para que serve o esterco de gado além de fertilizante? Em Israel, os dejetos desses animais serão usados como matéria-prima para a geração de energia elétrica. A usina de biogás Be’er Tuviya, de propriedade da Eco Energy, entrou em operação na última segunda-feira (04) e usará o metano do esterco para gerar energia para cerca de 6 mil casas.

Funciona da seguinte maneira, os dejetos serão coletados e transportados em contêineres fechados. Após o transporte, sofrerão processo de pasteurização e ficarão armazenados em tanques de concreto vedados para produzir gás metano. Essa é a forma de produzir eletricidade a partir do esterco. O que sobrar poderá ser utilizado como fertilizante. Serão utilizados os dejetos de 14 mil vacas, além de quase 15% dos dejetos de todas as fazendas de frango e laticínios de Israel.

Avaliada em 2, 6 milhões de dólares, a usina de biogás Be’er Tuviya é a maior do país e entrará em plena operação em alguns meses. A utilização do metano — um dos vilões do aquecimento global — na produção de energia é uma importante medida de cunho ambiental, pois evita que o gás seja liberado para a atmosfera. garante também que os dejetos do gado e das aves não serão despejados em lugares impróprios, além de evitar o acúmulo de moscas e odores.

Leia também

Notícias
14 de janeiro de 2022

Thiago de Mello, conhecido como o “poeta da floresta”, morre aos 95 anos

Poeta e jornalista amazonense cantou em prosa e verso sua luta pela preservação da maior floresta tropical do mundo

Reportagens
14 de janeiro de 2022

Venenos usados na soja seguem prejudicando a produção de frutas no Rio Grande do Sul

Agrotóxicos contra pragas resistentes ao glifosato contaminam e destroem plantios de uvas e outras economias no estado. Questão aguarda decisão judicial há mais de 1 ano

Análises
14 de janeiro de 2022

Monitoramento do comércio de combustível de aviação ajuda no combate ao crime ambiental

Desregulamentação e desestatização não pode significar abandono total do controle da distribuição e revenda, sob risco de aumentar o descaminho do combustível e sua utilização em atividades criminosas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Diego diz:

    Onde assisto ao filme? O link já era…