Salada Verde

Após um ano de programa, só uma empresa aderiu ao Adote um Parque

Alardeado por meses antes de ser oficialmente lançado, programa tem baixa efetividade e pouca transparência, segundo análise do Política por Inteiro

Daniele Bragança ·
14 de abril de 2022
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Um ano após o lançamento, o Programa Adote um Parque, do Ministério do Meio Ambiente, só conseguiu a oficialização de apenas uma adoção, feita pela Coca-Cola. Outras sete propostas seguem paralisadas. O fracasso da iniciativa foi tema de uma nota técnica lançada semana passada pelo Política por Inteiro

O programa busca a adoção, por pessoas físicas ou jurídicas – nacionais ou estrangeiras – de uma das 132 unidades de conservação na Amazônia, por até cinco anos. Apesar de incluir pessoas físicas no decreto de criação, o chamamento para a primeira etapa do programa (Portaria MMA 73/2021) só permitiu a adoção por empresas. Ao todo, 8 delas participaram do processo, embora apenas a Coca-Cola tenha chegado à adoção de fato – da Área de Relevante Interesse Ecológico (ARIE) Javari Buriti, no Amazonas, por 658 mil reais. O restante que participou da assinatura do protocolo de intenções está com o processo de adoção parado. 

Até mesmo a segunda etapa do programa, lançada no fim do ano passado com foco na adoção de trilhas em Unidades de Conservação na Caatinga, segue no limbo. Até o momento não houve propostas. 

Além da baixa efetividade, a nota técnica feita pelo Política por Inteiro destaca outros problemas no programa, como a falta de informações públicas sobre seu progresso e a falta de consulta às comunidades tradicionais que moram nestas unidades de conservação e que deveriam ser ouvidas se desejam participar do programa. Em agosto de 2021, ((o))eco fez uma reportagem sobre como o Adote não estava respeitando o direito de consulta das comunidades tradicionais.

Leia o relatório do Política por Inteiro na íntegra

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
10 de fevereiro de 2021

Programa Adote Um Parque é lançado sob olhares de desconfiança

Por fim, Salles oficializou a criação do programa que alardeava há tempos, de busca a adoção de 132 áreas protegidas na Amazônia. Apesar de pontos positivos, iniciativa ainda é vista com descrédito por ambientalistas

Reportagens
25 de agosto de 2021

Programa Adote um Parque viola direitos de comunidades tradicionais, dizem juristas

Ministério Público Federal no Amazonas recomenda a exclusão das reservas extrativistas do programa. Entendimento pode se estender aos demais estados da Amazônia

Notícias
19 de outubro de 2021

Adote um Parque ganha nova fase com unidades de conservação da Caatinga

Nova etapa do programa de adoção das UCs criado por Salles terá foco em trilhas e incluirá dez áreas protegidas da Caatinga, entre elas, os parques nacionais da Chapada Diamantina e de Jericoacoara

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta