Salada Verde

Bancada ruralista vê bom momento para flexibilizar legislação ambiental

Frente Parlamentar da Agropecuária empossa novo comando e define suas pautas prioritárias: mudança no licenciamento ambiental, regularização fundiária e revisão da demarcação de terras indígenas

Daniele Bragança ·
2 de fevereiro de 2021 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

“Nós estamos no melhor momento para tocar as pautas que são caras ao setor produtivo”, discursou o deputado Sérgio Souza (MDB-PR), ao tomar posse nesta terça-feira (02) como novo presidente da Frente Parlamentar Agropecuária (FPA). A posse contou com a presença da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e do ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. 

Souza elencou pautas prioritárias para a bancada ruralista em 2021: flexibilizar o licenciamento ambiental, aprovar  uma lei de regularização fundiária, um novo marco de liberação de novos agrotóxicos e revisar os processos de demarcação de terras indígenas.  

“Tudo leva a crer que nós teremos uma continuidade desse governo liberal por vários anos, mas uma hora podem retornar aqueles que não têm a mesma ideia que nós. Estamos vivendo o melhor momento para avançarmos naquelas pautas que são caras ao setor produtivo”, disse o deputado, que assumiu a presidência da FPA no lugar do deputado Alceu Moreira (MDB-RS).

“Não existe nenhum ano melhor para nós avançarmos nessas pautas que o terceiro ano do mandato. É agora que tem que ser. O primeiro ano do mandato o governo está se ambientalizando, formando o seu governo, o parlamento está se acertando, no segundo tem eleições municipais. No terceiro não. A casa está arrumada, as eleições estão prontas. E o ano que vem, em 2022, é novas eleições e a pauta será regida pela opinião pública e nós sabemos isso. É esse o ano”. 

 

Leia Também 

Bancada ruralista apoia indicação de Kassio Marques ao STF

 

 

  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Salada Verde
21 de outubro de 2020

Bancada ruralista apoia indicação de Kassio Marques ao STF

Frente Parlamentar da Agropecuária soltou nota em favor da aprovação da nomeação pelo Senado Federal. Ruralistas esperam apoio nas pautas da agropecuária no Supremo 

Reportagens
17 de agosto de 2022

Indústria madeireira concentra exploração em apenas 2% das espécies disponíveis na Amazônia

O Brasil comercializou 998 tipos diferentes de madeira provenientes da Amazônia entre 2007 a 2020, mas, apesar desta abundância, a indústria madeireira no país está concentrada na exploração ao esgotamento de apenas 15 a 20 espécies (2%). Isso é o que mostra a mais recente edição do Boletim Timberflow, estudo sobre a cadeia da madeira

Salada Verde
16 de agosto de 2022

Brasil volta às urnas sem a opção de “candidatura verde” em 2022

A lacuna de candidaturas ligadas às propostas ambientais ocorre mesmo com a pauta do meio ambiente sendo uma das mais debatidas pela sociedade

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta