Salada Verde

Governador do MT sanciona projeto que muda lei do Pantanal

Sanção foi publicada nesta quinta-feira. Aprovada em meio a denúncia de ausência de consulta, proposta permite criação de gado em área de preservação permanente e reserva legal

Michael Esquer ·
4 de agosto de 2022
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (União Brasil-MT), sancionou o projeto que altera e flexibiliza a Lei nº 8.830/2008 – também conhecida como a Lei do Pantanal. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (4), no Diário Oficial do Estado

O Projeto de Lei (PL) nº 561/2022, de autoria da Comissão de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Minerais da Assembleia Legislativo de Mato Grosso (ALMT), foi aprovado no mês passado e permite a criação de gado e restauração de pastagem nativa em reserva legal e áreas de preservação permanente (APPs) e ecoturismo e turismo rural em áreas de conservação permanente. 

O texto também permite o uso de forma intensiva ou em larga escala das APPs, a conversão de até 40% da área de propriedades rurais para o plantio de pastagem exótica (alimento para gado), autoriza atividades de “interesse social” na planície alagável da Bacia do Alto Paraguai (BAP) em território mato-grossense e insere outras mudanças que flexibilizam o texto original da Lei do Pantanal, como mostrou ((o)eco

Em junho, mais de 40 organizações da sociedade civil e representantes de comunidades tradicionais pantaneiras assinaram uma carta aberta denunciando a ausência de consulta pública e estudos sobre os impactos que a proposta pode acarretar ao bioma. 

O biólogo Lucas Ferrante de Faria também denunciou o PL ao Ministério Público Federal (MPF), em julho, por riscos ao meio ambiente e povos tradicionais que vivem no Pantanal mato-grossense. O cientista foi responsável por manifestação similar que, em 2020, derrubou decreto do presidente Jair Bolsonaro, que liberava o plantio de cana-de-açúcar no Pantanal e na Amazônia. 

  • Michael Esquer

    Jornalista em formação pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com passagem pela Universidade Distrital Francisco José de Caldas, na Colômbia, tem interesse na temática socioambiental e direitos humanos

Leia também

Notícias
12 de julho de 2022

Deputados aprovam projeto que libera uso de áreas protegidas no Pantanal mato-grossense

Proposta permite criação de gado, restauração de pastagem nativa, ecoturismo e turismo rural em áreas de preservação permanente. Comunidades tradicionais denunciam ausência de consulta pública

Reportagens
7 de julho de 2022

Texto atual do Estatuto do Pantanal é insuficiente para proteger o bioma

Em tramitação no Senado, proposta defende exploração sustentável, mas não indica restrições ao uso do bioma. Especialistas apontam necessidades de aprimoramentos no projeto

Salada Verde
22 de junho de 2022

Votação do projeto que flexibiliza proteção no Pantanal é adiada após pedido de vista

Parlamentares disseram que o PL, que altera Lei do Pantanal, não segue recomendações da Embrapa. Votação pode ser retomada na próxima semana

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta