Salada Verde

Obama proíbe novas explorações de petróleo e gás

Presidente dos Estados Unidos usa lei da década de 1950 para limitar áreas de cessão mineral e perfurações em águas federais

Sabrina Rodrigues ·
21 de dezembro de 2016 · 7 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, proibiu novas perfurações de poços de petróleo e gás. Foto: Steve Jurvetson/Flickr.
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, proibiu novas perfurações de poços de petróleo e gás. Foto: Steve Jurvetson/Flickr.

Na terça-feira (20), o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, proibiu novas perfurações de poços de petróleo e gás em águas federais nos oceanos Atlântico e Ártico. Para isso, Obama utilizou uma lei da década de 1950, a “Outer Continental Shelf Act”, que permite aos presidentes limitarem áreas de cessão mineral e perfuração. Para os ambientalistas, a decisão é de suma importância, pois a lei não é fácil de ser derrubada e caso o presidente eleito Donald Trump queira reverter a ação, terá que recorrer aos tribunais. A proibição engloba águas nacionais perto do Alasca, no mar Chukchi e a maior parte do mar Beaufort, e no Atlântico, desde a Nova Inglaterra até a Baía de Chesapeake.

Fonte: Folha de S. Paulo

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Salada Verde
22 de abril de 2024

Livro destaca iniciativas socioambientais na Mata Atlântica de São Paulo

A publicação traz resultados do Projeto Conexão Mata Atlântica em São Paulo, voltados para compatibilização de práticas agropecuárias com a conservação da natureza

Salada Verde
22 de abril de 2024

Barcarena (PA) é o primeiro município a trabalhar a cultura oceânica em 100% da rede pública de ensino

Programa Escola Azul incentiva instituições de ensino de todo o país a integrar a rede e implementar cultura oceânica nas escolas. Mais de 290 escolas de todo o Brasil participam do projeto

Reportagens
22 de abril de 2024

Um macaco sem floresta na capital do Amazonas

Símbolo de Manaus, o sauim-de-coleira corre risco de desaparecer da cidade amazônica, ameaçado pelo avanço da urbanização desordenada

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.