Salada Verde

SOS Mata Atlântica abre edital para projetos em áreas costeiras e marinhas

Fundação busca iniciativas que fortaleçam o uso sustentável de recursos naturais nessas áreas em 4 estados nordestinos. Prazo para inscrição vai até o dia 21 de dezembro

Sabrina Rodrigues ·
23 de outubro de 2018 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
A Fundação SOS Mata Atlântica está com edital aberto que beneficiará projetos na Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. A ação visa consolidar iniciativas para o uso sustentável dos recursos naturais em Unidades de Conservação (UCs) costeiras e marinhas da Mata Atlântica. Foto: Patricia-Ferreti.

A Fundação SOS Mata Atlântica está com edital aberto que beneficiará projetos na Bahia, Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. A ação visa consolidar iniciativas para o uso sustentável dos recursos naturais em Unidades de Conservação (UCs) costeiras e marinhas da Mata Atlântica. Os projetos devem ter o prazo máximo de um ano de duração e os interessados têm até a meia-noite de 21 de dezembro para se inscrever.

Este edital está voltado para iniciativas que garantam a presença de comunidades beneficiárias das UCs, organização de cadeias produtivas, organização e fortalecimento institucional de associações locais, formação de lideranças, inclusão nos mercados, beneficiamento, rastreabilidade de produtos, turismo de base comunitária.

Associações representativas de comunidades beneficiárias de UCs ou ONGs que estabeleçam parceria comprovada com as comunidades locais e com a gestão da unidade de conservação estão aptas a concorrer neste edital, para isso o projeto precisa estar alinhado aos objetivos das áreas protegidas e de seu plano de manejo.

As iniciativas vencedoras receberão investimento de até 30 mil. As inscrições serão feitas pelo site http://gerencia.sosma.org.br/ucs, onde há um manual com instruções detalhadas do uso do ambiente do sistema gerencial para a inclusão dos documentos e submissão da proposta. Acesse o Edital completo.

 

Saiba Mais

 Edital completo

 

Leia Também

Fundação Grupo Boticário: Inscrição para edital de apoio termina no dia 31

Criação de áreas marinhas protegidas está estagnada

O desafio de melhorar a gestão dos sistemas costeiros e marinhos

 

 

 

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Reportagens
10 de março de 2015

O desafio de melhorar a gestão dos sistemas costeiros e marinhos

Governo tem como meta realizar o ordenamento da atividade pesqueira no Brasil e expandir as áreas protegidas marinhas e costeiras.

Análises
8 de setembro de 2014

Criação de áreas marinhas protegidas está estagnada

Em outros países, a criação de áreas protegidas marítimas avança célere, enquanto nada acontece no Brasil para proteger seu imenso litoral.

Salada Verde
22 de março de 2018

Fundação Grupo Boticário: Inscrição para edital de apoio termina no dia 31

Projetos ambientais na área de Unidades de Conservação, proteção de espécies ameaçadas e de ambientes marinhos serão apoiados financeiramente pela Fundação

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta