Vídeos

BNDES poderia ter mudado o curso do desmatamento na Amazônia, mas lavou as mãos

Banco público de desenvolvimento é o maior financiador da indústria da carne brasileira, mas injetou R$ 11 bilhões em operações altamente expostas ao desmatamento sem exigir rastreabilidade completa da cadeia, prevista em norma de 2009. E diz que está tudo bem.

Marcio Isensee e Sá ·
18 de novembro de 2020 · 4 anos atrás
  • Marcio Isensee e Sá

    Marcio Isensee e Sá é fotógrafo e videomaker. Seu trabalho foca principalmente na cobertura de questões ambientais no Brasil.

Leia também

Reportagens
18 de novembro de 2020

BNDES poderia ter mudado o curso do desmatamento na Amazônia, mas lavou as mãos

Banco público de desenvolvimento injetou R$ 11 bilhões em frigoríficos sem exigir rastreabilidade completa da cadeia, prevista em norma de 2009. E diz que está tudo bem

Reportagens
27 de maio de 2024

Extinção do Cristalino II pode levar à morte 12 mil macacos-aranha-de-cara-branca

Espécie, ainda pouco estudada, tem população em declínio e já é considerada Em Perigo de extinção. Unidade de conservação possui outras 11 espécies ameaçadas

Salada Verde
24 de maio de 2024

Comissão da Câmara aprova projeto que aumenta pena para crime ambiental na Amazônia

Proposta também inclui penalização de servidores e agentes públicos que se omitirem diante de tais crimes. Ascema vai avaliar conteúdo do texto

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.