Análises

Salada Verde

Redação ((o))eco ·
9 de junho de 2008 · 14 anos atrás

De Adnan Demachki, Prefeito de Paragominas

Sr. Editor
Rogo veiculação no Salada Verde, acerca da nota do Chefe de Fiscalização do IBAMA sobre minha ida ao Instituto:

Estive sim no IBAMA, colaborando para o funcionamento de 02 empresas instaladas há mais de 25 anos no meu Município, que exploram suas atividades através de planos de manejo próprio e reflorestamento. Tenho o dever de colaborar para separar o joio do trigo, prestigiar os empresários que procuram trabalhar de forma legal e desestimular os ilegais. Não posso colocar todos como criminosos, muito menos com pirotecnia midiática aniquilar o setor. Existem muitos empresários que trabalham de forma correta. Mesmo porque também é dever de um Prefeito, fomentar a economia na sua cidade, para gerar emprego e renda. Mas, na mesma audiência no IBAMA, também falei do joio, pedindo ao IBAMA que coibisse extração clandestina. Questionei a fiscalização do Instituto em Paragominas que não coibiu o maior dano ambiental, que é a extração de madeira das terras indígenas dos Tembés. Denúncia essa que já havia feito em março, inclusive publicada pelo Jornal O Liberal e pelo site O Eco. Por fim, integrando o projeto Município Verde que implantamos no nosso Município, estamos entrando pelo quarto mês do projeto, e dados do IMAZON atestam que só tivemos um foco conhecido de desmatamento em Paragominas. É um dado que merece comemoração sim, mesmo que cautelosa, pois reconhecemos que é um enorme desafio. Um desafio que desconheço se outro Município já tentou. Por isso, acho que Paragominas merece o apoio de todos, em especial das Instituições que lidam com o meio ambiente, mesmo porque não é só o Prefeito que deseja, mas a sociedade civil através de 51 entidades, que firmaram um pacto pelo desmate zero.

Cordialmente

Leia também

Notícias
21 de janeiro de 2022

Em discurso de pré-candidatura, Ciro Gomes defende economia de baixo carbono

Durante a Convenção Nacional do PDT, o pré-candidato diz que a pauta ambiental é um instrumento de proteção dos ecossistemas e uma oportunidade de investimento

Análises
21 de janeiro de 2022

O Agro quer seguro rural, mas precisa mesmo é do Código Florestal

Sem cumprir as leis ambientais e sofrendo com mudanças climáticas, lideranças do Agro se mobilizam para ampliar o seguro rural com dinheiro público. Rios e florestas seguem em agonia. Moro já aderiu

Reportagens
21 de janeiro de 2022

Brasil registra recorde de extremos de chuva no início do verão

Entre 1º e 31 de dezembro de 2021, a equipe técnica do Cemaden emitiu 516 alertas de risco de desastres, como deslizamentos, inundações e enxurradas, para os 1.058 municípios monitorados

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta