Análises

Salada Verde

Redação ((o))eco ·
9 de junho de 2008 · 14 anos atrás

De Adnan Demachki, Prefeito de Paragominas

Sr. Editor
Rogo veiculação no Salada Verde, acerca da nota do Chefe de Fiscalização do IBAMA sobre minha ida ao Instituto:

Estive sim no IBAMA, colaborando para o funcionamento de 02 empresas instaladas há mais de 25 anos no meu Município, que exploram suas atividades através de planos de manejo próprio e reflorestamento. Tenho o dever de colaborar para separar o joio do trigo, prestigiar os empresários que procuram trabalhar de forma legal e desestimular os ilegais. Não posso colocar todos como criminosos, muito menos com pirotecnia midiática aniquilar o setor. Existem muitos empresários que trabalham de forma correta. Mesmo porque também é dever de um Prefeito, fomentar a economia na sua cidade, para gerar emprego e renda. Mas, na mesma audiência no IBAMA, também falei do joio, pedindo ao IBAMA que coibisse extração clandestina. Questionei a fiscalização do Instituto em Paragominas que não coibiu o maior dano ambiental, que é a extração de madeira das terras indígenas dos Tembés. Denúncia essa que já havia feito em março, inclusive publicada pelo Jornal O Liberal e pelo site O Eco. Por fim, integrando o projeto Município Verde que implantamos no nosso Município, estamos entrando pelo quarto mês do projeto, e dados do IMAZON atestam que só tivemos um foco conhecido de desmatamento em Paragominas. É um dado que merece comemoração sim, mesmo que cautelosa, pois reconhecemos que é um enorme desafio. Um desafio que desconheço se outro Município já tentou. Por isso, acho que Paragominas merece o apoio de todos, em especial das Instituições que lidam com o meio ambiente, mesmo porque não é só o Prefeito que deseja, mas a sociedade civil através de 51 entidades, que firmaram um pacto pelo desmate zero.

Cordialmente

Leia também

Salada Verde
19 de agosto de 2022

Coritiba apresenta seu programa de meio ambiente

Clube reformulará o tratamento de resíduos no estádio Couto Pereira e no Centro de Treinamento, além de anunciar criação do “Nossa Identidade Verde”

Reportagens
19 de agosto de 2022

Comitiva flagra descumprimento de decisão judicial na Baía de Sepetiba

Denúncias já foram levadas a órgãos públicos estaduais e federais e também serão encaminhadas à ONU por violação de direitos humanos e salvaguardas ambientais

Notícias
19 de agosto de 2022

Ministério Público vai investigar legalidade da carne vendida por 11 frigoríficos em MT

Mesmo passados 13 anos da criação do TAC da Carne, empresas ainda não são signatárias do acordo. Estado tem o maior número de cabeças de gado do país

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta