Fotografia

Óleo sobre tela (d’água)

Uma imagem ao mesmo tempo fascinante e de tristes consequências. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

Redação ((o))eco ·
22 de outubro de 2013 · 8 anos atrás

 

height=”500
Em 17 de outubro, uma mancha de óleo apareceu no Lago Paranoá, em Brasília. E ela persiste. Embora os bombeiros tenham contido a expansão do óleo, oriundo de hospital da área, ele já causou danos: parte do óleo da superfície afundou, contaminando o fundo do lago; e três animais foram afetados. Duas tartarugas e uma ave ficaram cobertos com a substância da mancha que apareceu no local. A ave morreu e as tartarugas estão sob tratamento no zoológico. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil

 

 

 

 

 

 

Leia também

Reportagens
27 de janeiro de 2022

Biólogo usa imagens de satélite e inteligência artificial para mapear quaresmeiras na Mata Atlântica

A detecção é possível por meio da coloração das flores da quaresmeira, cujos tons variam do magenta ao roxo. Para isso, utilizou imagens de satélite de acesso gratuito e o chamado deep learning, um recurso de inteligência artificial

Notícias
27 de janeiro de 2022

Polícia Federal investiga maus-tratos e apreende as girafas trazidas pelo BioParque

Em operação da PF acompanhada pelo Ibama, os policiais apreenderam as 15 girafas e investigam supostos maus-tratos aos animais. BioParque nega

Análises
27 de janeiro de 2022

Um lugar para as onças da Mata Atlântica na Década da Restauração

A Mata Atlântica é um pacote completo, com onças e tudo; é preciso urgentemente nos conscientizarmos que uma floresta sem bichos não tem futuro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta