Notícias

Limites para trás

Alcançar o topo do Monte Everest já não soa como algo inacreditável a nossos ouvidos. Mas quando o feito cabe a alguém que não possui as duas...

Lorenzo Aldé ·
10 de abril de 2006 · 16 anos atrás

Alcançar o topo do Monte Everest já não soa como algo inacreditável a nossos ouvidos. Mas quando o feito cabe a alguém que não possui as duas pernas, a história ganha ares de superação. Mark Inglis, atleta neozelandês que ficou paraplégico após um acidente em 1982, é prata nos Jogos Paraolímpicos e já chegou ao cume do Cho Oyu (8.201 m), sexto maior pico do mundo. Elegeu o Everest como sua próxima conquista, conta o site Webventure.

  • Lorenzo Aldé

    Jornalista, escritor, editor e educador, atua especialmente no terceiro setor, nas áreas de educação, comunicação, arte e cultura.

Leia também

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Notícias
2 de dezembro de 2021

Lideranças indígenas do Pará cedem à pressão de invasores e aceitam reduzir seu território pela metade

Caciques da TI Apyterewa disseram ao STF que, em “acordo” feito com invasores, aceitam redução de 392 mil hectares de suas terras

Notícias
2 de dezembro de 2021

Com maioria no Conama, governo federal impõe mudanças no CNEA

Conama aprova alterações no Cadastro Nacional de Entidades Ambientalistas e impõe mais burocracia e custos para a participação da sociedade civil no conselho

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta