Notícias

Carregador de celular a dínamo.

A Nokia acaba de lançar seu “Kit de carregador para bicicleta”, aparelho que une redução no consumo de energia elétrica ao exercício físico.

Redação ((o))eco ·
29 de junho de 2010 · 11 anos atrás
A nova tecnologia da Nokia consiste em um carregador de celular acoplado no centro do guidão de uma bicicleta, funcionando como um dínamo, para gerar bateria para o telefone. Pedalar a 6km/h já é o suficiente para que o aparelho funcione, porém é a 12km/h que se consegue equivalência em relação a um carregador elétrico.
 
Logo, além de economizar energia elétrica, o carregador incentiva o uso da bicicleta, que diminui a poluição do ar, congestionamentos urbanos e é um ótimo exercício físico. Uma terceira vantagem dessa nova tecnologia é, na visão dos produtores, ser viável economicamente em países emergentes aonde a energia elétrica é escassa, não confiável ou muito cara. A possibilidade de carregar seu celular em movimento garante comunicação fácil, rápida e em qualquer lugar.
 
O produto ajusta-se a qualquer celular Nokia de entrada 2mm, porém foi lançado recentemente no Quênia e ainda não possui disponibilidade para outros países, como o Brasil.

Para maiores informações: Nokia

Leia também

Reportagens
30 de novembro de 2021

Há 8 anos na Câmara, projeto que cria uma lei para o mar ainda não tem votação à vista

Série de reportagens investiga motivos da longa tramitação do projeto de lei que institui a Política Nacional para Conservação e o Uso Sustentável do Bioma Marinho Brasileiro

Salada Verde
30 de novembro de 2021

Trilha Transmantiqueira ganha reconhecimento do Ministério do Meio Ambiente

A trilha de longo curso que cruza a Serra da Mantiqueira agora faz parte oficialmente do programa Rede Trilhas, para promover conectividade, conservação e turismo

Salada Verde
30 de novembro de 2021

Ibama abre concurso para contratar 568 servidores

Edital lançado nesta terça-feira (30) prevê a contratação de 136 analistas divididos por áreas temáticas e 432 técnicos ambientais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta