Notícias

Carregador de celular a dínamo.

A Nokia acaba de lançar seu “Kit de carregador para bicicleta”, aparelho que une redução no consumo de energia elétrica ao exercício físico.

Redação ((o))eco ·
29 de junho de 2010 · 12 anos atrás
A nova tecnologia da Nokia consiste em um carregador de celular acoplado no centro do guidão de uma bicicleta, funcionando como um dínamo, para gerar bateria para o telefone. Pedalar a 6km/h já é o suficiente para que o aparelho funcione, porém é a 12km/h que se consegue equivalência em relação a um carregador elétrico.
 
Logo, além de economizar energia elétrica, o carregador incentiva o uso da bicicleta, que diminui a poluição do ar, congestionamentos urbanos e é um ótimo exercício físico. Uma terceira vantagem dessa nova tecnologia é, na visão dos produtores, ser viável economicamente em países emergentes aonde a energia elétrica é escassa, não confiável ou muito cara. A possibilidade de carregar seu celular em movimento garante comunicação fácil, rápida e em qualquer lugar.
 
O produto ajusta-se a qualquer celular Nokia de entrada 2mm, porém foi lançado recentemente no Quênia e ainda não possui disponibilidade para outros países, como o Brasil.

Para maiores informações: Nokia

Leia também

Notícias
20 de maio de 2022

Alto custo é principal barreira para visitação de parques

De acordo com estudo, alto custo da viagem, distância e falta de informações disponíveis são os principais obstáculos para visitação de parques naturais

Notícias
20 de maio de 2022

Presidenciáveis recebem plano para reverter boiadas ambientais de Bolsonaro

Estratégia ‘Brasil 2045’ propõe medidas para reconstruir política ambiental brasileira e fazer país retomar posição de liderança global em meio ambiente

Análises
20 de maio de 2022

O dilema de Koniam-Bebê

Ocupação indígena no Parque Estadual Cunhambebe realimenta falsa dicotomia entre unidades de conservação e territórios indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Cássio Garcez diz:

    Brilhante análise, Beto. Parabéns e obrigado por ela.