Notícias

O frio mais longo da última década no Brasil

Climatologista explica os motivos do frio intenso das últimas semanas e esclarece como este quadro não invalida o aquecimento global.  

Flávia Moraes ·
15 de julho de 2011 · 13 anos atrás

Imagem de satélite mostra o raro fenômeno: neve no Deserto do Atacama, no Chile. crédito: NASA Earth Observatory
Imagem de satélite mostra o raro fenômeno: neve no Deserto do Atacama, no Chile. crédito: NASA Earth Observatory
Parte dos brasileiros, principalmente aqueles que moram na porção sul e sudeste do território nacional, experimentaram uma sensação de frio intenso durante a última semana de junho e a primeira semana de julho deste ano. A causa das baixas temperaturas foi a invasão de massas de ar frias da periferia da Antártica, que atravessaram o sul do Chile e Argentina, chegando até o centro da América do Sul, no Brasil.

Essas massas de ar frias e secas invadiram o continente sul-americano e permaneceram por até sete dias no país, sendo seguidas de outras, que completaram as mais de duas semanas de frio. Somadas ao fato de estarmos na estação de inverno, com as noites mais longas do ano, permitiram que as temperaturas diminuíssem, principalmente durante as madrugadas e o amanhecer, com formação de geadas e até precipitação de neve em pontos altos do relevo (como nas serras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina).

Embora esse evento, de temperaturas muito baixas e até negativas em alguns locais, tenha sido classificado como o frio mais longo da última década, pela quantidade de dias consecutivos que persistiu, ele não é anômalo e nem inesperado. Muito pelo contrário, é uma situação típica de inverno para a América do Sul, já que as regiões polares continuam a fornecer águas frias e ar frio para as regiões tropicais, como explica o climatologista e professor do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Francisco Aquino (áudio abaixo). Além disso, não invalida o aquecimento global em curso e nem as médias de temperaturas mais elevadas que estamos experimentando nos últimos anos para todas as estações do ano (inverno, primavera, verão e outono).

 

{iarelatednews articleid=”25173,25180″}

  • Flávia Moraes

    Jornalista, geógrafa e pesquisadora especializada em climatologia.

Leia também

Notícias
12 de abril de 2024

ICMBio abre consulta pública para criação de novo parque marinho no Rio Grande do Sul

Criação do Parna de Albardão foi proposta há mais de 15 anos. Unidade protegerá 1,6 milhão de hectares, em região com alta pressão da pesca industrial

Notícias
12 de abril de 2024

Pesquisadores alertam para impactos de turbinas eólicas sobre morcegos

Artigo assinado por 12 pesquisadores de 9 países e territórios aborda efeitos das turbinas sobre morcegos ao redor do mundo, lista medidas de prevenção e pede maiores regulações

Salada Verde
12 de abril de 2024

Os 35 anos do Parna Grande Sertão Veredas

Uma das principais unidades de conservação do Cerrado abriga inigualáveis cenários que inspiraram a obra de Guimarães Rosa

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.