Notícias

Golfinhos do Mekong no limite da extinção

Novo estudo indica que apenas 85 indivíduos da espécie sobrevivem. Mesmo com status de proteção, população está declinando lentamente. As causas são incertas. 

Gustavo Faleiros ·
17 de agosto de 2011 · 11 anos atrás
População reduzida: estima-se que apenas 85 golfinhos como esse ainda vivam no rio Mekong (foto: Gerard Ryan/WWF)
População reduzida: estima-se que apenas 85 golfinhos como esse ainda vivam no rio Mekong (foto: Gerard Ryan/WWF)

View Mekong – Golfinhos in a larger map

O WWF publicou nesta quarta-feira um novo estudo com dados sobre a população do golfinho-de-Irrawaddy (Orcaella brevirostris), mais conhecido como golfinho do Mekong, bacia hidrográfica mais importante de todo o Sudeste Asiático. De acordo com o novo levantamento existem apenas 85 indivíduos da espécie ainda na natureza. Isso a torna como uma espécie com ameaça crítica de extinção. Há anos, ela já está presente na lista vermelha da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) .

Essa contagem revelou que a população era maior do que se pensava, mas a tendência é de declínio no número de indivíduos. Ainda não se sabe as razões exatas, mas o que se observa é que os filhotes raramente estão chegando à idade adulta, explica o estudo que foi publicado no periódico Ecosphere.

Apesar do nome do golfinho derivar do nome de um rio em Miamar, ele só é encontrado agora em uma faixa de 190 quilômetros no Mekong entre o sul da República do Laos e o Reino do Camboja. Os dois países já possuem leis que proibem a pesca do golfinho, mas tudo indica que redes de pesca é uma das causas da alta mortalidade entre os filhotes.

Para saber mais sobre os golfinhos-de-Irrawaddy, vale visitar a página do WWF Internacional.

Abaixo um vídeo e mais fotos disponilizadas pelos pesquisadores
 

Golfinho avistado em Kampi, Camboja
Golfinho avistado em Kampi, Camboja
  • Gustavo Faleiros

    Editor da Rainforest Investigations Network (RIN). Co-fundador do InfoAmazonia e entusiasta do geojornalismo. Baterista dos Eventos Extremos

Leia também

Reportagens
11 de agosto de 2022

Aneel revoga outorga de autorização de usinas termelétricas na Baía de Sepetiba

Sociedade civil questiona desde altos riscos em região sensível a impactos socioambientais aos erros cometidos nos trâmites legais para a implementação das térmicas

Notícias
10 de agosto de 2022

Amazonas tem seis das dez áreas protegidas mais ameaçadas do bioma

Estudo realizado pelo Imazon revela ameaças e pressões de desmatamento em unidades de conservação e terras indígenas na Amazônia entre abril e junho

Notícias
10 de agosto de 2022

ALMT adia votação do projeto que libera caça esportiva no Mato Grosso

Autor da proposta, o deputado Gilberto Cattani (PL) quer aumentar a “interação homem e natureza”. As espécies que poderão ser caçadas serão decididas pelo Executivo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta