Notícias

Dados indicam riscos do pré-sal à conservação da costa brasiileira

Vídeo e mapa interativo mostram as informações sobre a área de exploração do pré-sal e as zonas prioritárias para conservação da biodiversidade marinha. Você também pode fazer download de todos os dados.

Gustavo Faleiros · Renata Nitta ·
11 de janeiro de 2012 · 10 anos atrás

Embora tenha prometido há mais de um ano a conclusão de um plano de prevenção de vazamentos de petróleo na costa brasileira, o governo federal ainda não apresentou proposta à sociedade. A promessa foi feita em 2010 durante o vazamento da BP no Golfo México, considerado um dos piores acidentes ambientais de toda história. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o plano voltou à discussão após o acidente da petroleira Chevron, em novembro de 2011, quando uma falha da perfuração do poço 9-FR-50DP-RJS no Campo de Frade, a 120 Km do litoral do Rio de Janeiro, causou o vazamento de 3 mil barris de petróleo, segundo a ANP.

O vídeo abaixo traz uma entrevista com a ambientalista Leandra Gonçalves, coordenadora da campanha de clima e energia do Greenpeace, que critica o governo por negligenciar a segurança na exploração de petróleo no país. Ele ensina também como explorar o mapa do polígono do pré-sal (em seguida) e como ele se relaciona com as zonas prioritárias de conservação marinha.

No mapa virtual abaixo utilize os quadros à direita e à esquerda para ativar as camadas de informação e ler as legendas.

Download dos dados
Veja os dados em formato KML no seu Google Earth. Não tem Google Earth, baixe aqui 

 

Polígono do pré-sal
Poços na região do pré-sal
Blocos exploratórios 

Áreas prioritárias para conservação:
Praias
Costões Rochosos
Mamíferos Marinhos
Aves
Peixes 
Quelônios

Saiba mais
Download de dados geográficos do Ministério do Meio Ambiente
Banco de Dados da Agência Nacional do Petróleo
Lei Nº 12.351 de 2010 – regulamenta a exploração do pré-sal e define limites geográficos

  • Gustavo Faleiros

    Editor da Rainforest Investigations Network (RIN). Co-fundador do InfoAmazonia e entusiasta do geojornalismo. Baterista dos Eventos Extremos

Leia também

Reportagens
2 de dezembro de 2021

Secas recorrentes afetam a capacidade de recuperação da Floresta Amazônica, alerta estudo

Nas últimas duas décadas, a Floresta Amazônica tem sido impactada por secas cada vez mais intensas e frequentes. As mais severas ocorreram em 2005, 2010 e 2015

Notícias
1 de dezembro de 2021

Amazônia acumula 73 mil focos de incêndio em 2021, segundo dados do INPE

Há menos de uma semana, Bolsonaro voltou a afirmar que “floresta úmida não pega fogo”. Número de queimadas no Pampa segue em alta

Notícias
1 de dezembro de 2021

Audiência Pública discute projeto de lei que quer municipalizar áreas de preservação em Angra dos Reis

Projeto que altera gestão da APA Tamoios é da deputada Célia Jordão, esposa do prefeito de Angra. Cerca de 40 organizações se manifestaram contrárias ao PL

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Treep diz:

    Vejo como de extrema importância a preservação dessas areas,
    o turismo agradece e deve ser feito de forma consciente.
    Não sei o que é melhor, mas com o governo atual, municipalizar talvez não seja tão ruim , desde que seja com leis próprias que garantam manter preservado e fiscalizado.