Notícias

A discussão da energia limpa no cardápio da Rio+20

Simpósio que traz como tema fontes de energia limpa acontece no Planetário e discute o planejamento de demanda e eficiência energética.

Duda Menegassi ·
15 de junho de 2012 · 12 anos atrás
Interior de uma torre de transmissão. Foto: wikimédia
Interior de uma torre de transmissão. Foto: wikimédia

Dia 18 de junho, no Planetário, acontecerá o Simpósio Setor Elétrico Brasileiro e Sustentabilidade no século 21: Oportunidades e Desafios, com lançamento de publicação sobre o tema. A livro, com direito a prefácio de Marina Silva, traz a tona questões relativas à geração de energia no Brasil, discutindo a real capacidade de energias limpas, como eólica e solar, atenderem à crescente demanda por eletricidade. Entram no debate também os obstáculos, principalmente financeiros, para implantação de fontes de energia renovável, e casos de países estrangeiros que adotaram fontes limpa.

Alguns exemplares da publicação serão distribuídos gratuitamente no evento. Os painéis apresentados durante o simpósio serão “Planejamento de demanda e eficiência energética” e “Alternativas para a geração de energia elétrica no Brasil: políticas públicas, investimento e estudos de casos internacionais”. O objetivo principal de todo o evento é suscitar o diálogo entre especialistas, governos, setor privado e cidadãos sobre novas formas de geração de energia no Brasil.

O encontro é parte das atividades paralelas à Rio+20. Aos interessados: o evento é gratuito, mas as vagas são limitadas. A inscrição é feita através do site. Também no site estará disponível o conteúdo da publicação “Setor Elétrico Brasileiro e Sustentabilidade no século 21: Oportunidades e Desafios”, que será lançada durante o simpósio.

 
Serviço:
Simpósio “Setor Elétrico Brasileiro e Sustentabilidade no século 21: Oportunidades e Desafios”
Onde: Planetário, Rio de Janeiro –
           Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100 – Gávea
Quando: 18 de junho
Credenciamento – 8:30 | Duração: 9h – 13h | Almoço: 13h – 14h
Lançamento da publicação e coletiva de imprensa: 14h – 15h

 

  • Duda Menegassi

    Jornalista ambiental especializada em unidades de conservação, montanhismo e divulgação científica.

Leia também

Salada Verde
17 de maio de 2024

Avistar celebra os 50 anos da observação de aves no Brasil

17º Encontro Brasileiro de Observação de aves acontece este final de semana na capital paulista com rica programação para todos os públicos

Reportagens
17 de maio de 2024

Tragédia sulista é também ecológica

A enxurrada tragou imóveis, equipamentos e estradas em áreas protegidas e ampliou risco de animais e plantas serem extintos

Notícias
17 de maio de 2024

Bugios seguem morrendo devido à falta de medidas de proteção da CEEE Equatorial

Local onde animais vivem sofre com as enchentes, mas isso não afeta os primatas, que vivem nos topos das árvores. Alagamento adiará implementação de medidas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.