Notícias

Mapa: Relação entre estradas e desmatamento na Amazônia

Utilizando dados sobre as estradas na Amazônia e informações sobre as taxas de desmatamento, é possível visualizar que influência da infraestrutura no avanço da destruição.

Redação ((o))eco ·
15 de maio de 2013 · 8 anos atrás

Marc Dourojeanni acaba de publicar um detalhado artigo demonstrando os perigos e as falácias que acompanham os projetos de construção de novas rodovias na Amazônia peruana. No Brasil, esta relação já é bem conhecida. Estudo conduzido por Thomas E. Lovejoy mostram que a fragmentação da floresta amazônica é a principal causa de perda de espécies nativas. Outro trabalho bastante conhecido a respeito são os modelos desenvolvidos pelo Instituto de Pesquisa Amazônicas em parceria com Daniel Nepstead do Woods Hole Research Center. Usando a BR153, a Belém-Brasília, como exemplo foi possível ver que o desmatamento e o fogo se concentram em uma faixa de 50km ao redor das rodovias na Amazônia. 

O mapa interativo abaixo foi feito pelo projeto InfoAmazônia. As fontes dos dados podem ser encontradas clicando se na legenda à direita. 


Leia mais
Multiplicação de vias entre Brasil e Peru é desnecessária

Leia também

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Reportagens
21 de outubro de 2021

COP26 – Brasil tentou minimizar impacto das emissões da pecuária em relatório do IPCC

País também defendeu que aumento do desmatamento não é resultado da política atual brasileira. Outros países fizeram lobby para mudar relatório climático.

Reportagens
21 de outubro de 2021

Estudo aponta diretrizes para barrar a degradação acelerada de campos e savanas

As chamadas grasslands estão ameaçadas em todo o planeta, alerta um grupo internacional de pesquisadores. Solução envolve restauração e busca de alternativas de exploração econômica sustentáveis

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta