Notícias

SAD: desmatamento na Amazônia cai 76% em setembro

Aumento da fiscalização diminuiu pressão sobre a Floresta, mas perda de floresta na região de Apuí, no Amazonas, continua chamando a atenção.

Daniele Bragança · Rafael Ferreira ·
14 de outubro de 2013 · 9 anos atrás

Ibama apreende mais de 5,3 mil metros cúbicos de madeira ilegal em Rondônia. Foto: Badaró Ferrari/Ascom/Ibama.
Ibama apreende mais de 5,3 mil metros cúbicos de madeira ilegal em Rondônia. Foto: Badaró Ferrari/Ascom/Ibama.

O Imazon divulgou hoje os dados de alerta de desmatamento de setembro. Foram desmatados 103 km² em setembro. Isso representou uma redução expressiva de 76% comparado com o mesmo período do ano passado, quando o desmatamento somou 431 km².

Responsável por desmatar 46% do total, o estado de Rondônia ficou no topo do ranking de campeão de desmate. O estado do Amazonas ficou em segundo, com 23%, seguindo de Mato Grosso (15%) e Pará (9%).

Novo ano começa bem

Os dois primeiros meses do novo calendário de desmatamento (que vai de agosto a julho do ano seguinte) tiveram reduções na taxa de desmate. O desmatamento acumulado no período de agosto de 2013 a setembro de 2013 totalizou 288 quilômetros quadrados. Houve redução de 57% em relação ao ano ao ano anterior (agosto de 2012 a setembro de 2012) quando o desmatamento somou 663 quilômetros quadrados.

Degradação florestal também sofreu redução

A degradação florestal, que mede a degradação da floresta por queimadas e exploração madeireira ilegal, também teve redução expressiva. As florestas degradadas somaram 16 km² em setembro de 2013, uma redução de 94% comparada ao mesmo mês do ano passado, quando foram degradados 283 km² de floresta.

A maioria (69%) ocorreu no Mato Grosso seguido pelo Pará (25%)

A degradação florestal acumulada no período de agosto de 2013 a setembro de 2013 totalizou 108 quilômetros quadrados. Em relação ao período anterior (agosto de 2012 a setembro de 2012) houve redução de 69% quando a degradação florestal somou 343 quilômetros quadrados.

 

 

Leia Também
Alertas de desmatamento caem 20% em agosto, afirma Imazon
Imazon: desmatamento mantém estabilidade, degradação dispara
Desmatamento na Amazônia em junho continua em alta

 

 

 

  • Daniele Bragança

    Repórter e editora do site ((o))eco, especializada na cobertura de legislação e política ambiental.

Leia também

Reportagens
9 de dezembro de 2022

Ibama multa proprietário que domesticou araras azuis para atrair turistas

Aves eram usadas por empreendimento turístico para atrair visitantes e moravam em um carro velho. Fiscais encontraram comida inadequada usada para alimentar as araras

Reportagens
9 de dezembro de 2022

Mato Grosso se consolida como reduto de atos golpistas na Amazônia Legal

Afastamento de prefeito e prisão de empresário com registro de CAC reforçam o estado como um dos centros de planos e financiadores de atos golpistas que questionam eleição de Lula

Notícias
9 de dezembro de 2022

Lula vai herdar cerca de 5 mil km² do desmatamento causado pelo governo Bolsonaro

Somente em novembro, Amazônia perdeu 555 km² de florestas. O número, atualizado nesta sexta-feira (9) pelo INPE, é 123% maior que novembro de 2021

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta