Notícias

O Eco é finalista de desafio promovido pela Google

A proposta é a criação de uma rede de sensores de qualidade de água conectados a redes de telefonia móvel em 4 principais cidades da Amazonia.

Redação ((o))eco ·
29 de abril de 2014 · 8 anos atrás

No ano em que completa 10 anos, O Eco foi escolhido como um dos finalistas do Desafio de Impacto Social Google | Brasil, que pela primeira vez é realizado no país. Quatro organizações não governamentais brasileiras serão escolhidas para receber um milhão de reais para executar projetos que usam tecnologia como elemento-chave para a transformação social em temas como saúde, educação e meio ambiente, entre outros.

As 10 ideias que chegaram à reta final do desafio Google estão abertas para a votação do público a partir de hoje até o dia 07 de maio. Acesse aqui o site para votação.

No dia 08 de maio, os finalistas se encontrarão em São Paulo para apresentar os projetos a uma banca de jurados formada pela coordenadora do Google.org, Jaquelline Fuller, o empresário Josué Gomes da Silva, o apresentador Luciano Huck, o rapper MV Bill e a ativista Vivianne Senna.

A proposta finalista de O Eco é a criação de uma rede de sensores de qualidade de água conectados a redes de telefonia móvel em 4 principais cidades da Amazonia. A rede de 85 sensores permitirá coletar informações sobre a potabilidade da água de igarapés, cacimbas e poços e enviar alertas via SMS.

“O Eco desde sua fundação sempre foi uma organização comprometida com a difusão da informação ambiental de qualidade”, afirma o coordenador do Laboratório de Inovação da ONG – ((o))eco Lab, Gustavo Faleiros. “A rápida urbanização ocorrida na Amazônia nem sempre é vista como um problema, mas acreditamos que podemos evidenciar a gravidade da situação e ajudar comunidades a cobrarem investimentos em saneamento”.

A informação coletada também estará disponível na plataforma InfoAmazonia.org que atualmente já permite o acompanhamento de indicadores da região através de mapas digitais. Utilizando ferramentas de análise e visualização de dados O Eco fará um acompanhamento dos impactos diretos da informação na vida dos 4,2 milhões de habitantes de Manaus, Belém, Porto Velho e Rio Branco.

 

 

Leia também

Reportagens
29 de setembro de 2022

Uma “COP da implementação” é o que esperam organizadores da Conferência do Clima da ONU

Escolha de brasileiros no próximo domingo vai decidir se futuro do país na área ambiental atenderá expectativa internacional sobre redução de emissões de gases estufa

Reportagens
29 de setembro de 2022

Pampa preservado é quase teoria para os principais candidatos ao governo do RS

Os dois líderes nas pesquisas para o governo gaúcho afirmam que irão dar celeridade ao licenciamento ambiental e colocam o Pampa em risco

Vídeos
29 de setembro de 2022

Hidrelétricas de Belo Monte e do Rio Madeira foram “erro”, diz Nilto Tatto

Em entrevista, um dos formuladores do plano de governo de Lula (PT) na área de meio ambiente, o deputado federal falou sobre a retomada da agenda ambiental e perspectivas para um futuro governo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta