Notícias

Mabecos em disparada pela sobrevivência

Estes cães selvagens africanos podem alcançar velocidades de mais de 70 quilômetros por hora. Correm da ameaça de extinção.

Redação ((o))eco ·
26 de setembro de 2014 · 7 anos atrás

Uma matilha de mabecos ([i]Lycaon pictus[/i]), também conhecidos como cães-selvagens-africanos ou cães-caçadores-africanos. Foto:
Uma matilha de mabecos ([i]Lycaon pictus[/i]), também conhecidos como cães-selvagens-africanos ou cães-caçadores-africanos. Foto:

Os mabecos (Lycaon pictus) são uma espécie de canídeo encontradao apenas no continente africano, especialmente nas regiões de savana e áreas levemente arborizadas. São astutos predadores que vivem e caçam em matilhas de até 40 indivíduos. São animais velozes, capazes de atingir mais de 70 km/h em uma corrida, mas vulneráveis à competição com outros predadores maiores (leões) e, principalmente, a perda de habitats pela framentação. A redução das áreas naturais põe a espécie em contato com humanos, que os matam por adentrarem áreas de cultivo ou atropelam acidentalmente, e também animais domésticos, o que os expõe a doenças virais como a raiva e cinomose. Por estas razões e pelo verificado declínio na população de mabecos, Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN classifica a espécie como ‘Em Perigo de Extinção‘.

 

Leia Também
A inocência do leão-marinho-das-Galápagos
Rabo-de-palha-de-bico-laranja: escondido na ilha
Macaco-prego-de-crista: vítima da Mata Atlântica

 

Leia também

Análises
20 de janeiro de 2022

Além do plantio: incluindo pessoas na restauração florestal

Mais importante do que “apenas” plantar árvores, é necessário conciliar a conservação ambiental com produção sustentável através da integração de paisagens e pessoas

Notícias
19 de janeiro de 2022

Com pedido de Wassef, Justiça libera madeira apreendida em operação histórica

O advogado da família Bolsonaro conseguiu a liberação de madeira e bens da empresa MDP Transportes, uma das afetadas pela operação da PF que resultou na maior apreensão de madeira já feita

Salada Verde
18 de janeiro de 2022

Em evento, Bolsonaro comemora redução de 80% das multas do Ibama

“Nós reduzimos em mais de 80% as multagens no campo”, disse o presidente, que creditou ao ex-ministro Salles e à ministra da Agricultura, Teresa Cristina, as boas medidas para o campo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta