Notícias

Aprenda com quem faz a monitorar o desmatamento na Amazônia

INPE lança videoaulas sobre como é feito a detecção de corte e supressão de madeira na Amazônia Brasileira. Curso tem 24 aulas e é gratuito

Daniele Bragança ·
31 de julho de 2015 · 7 anos atrás

Desde 1988, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) monitora através de imagens de satélite o desmatamento na Floresta Amazônica. E a partir de 15 de agosto, em parceria com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), disponibilizará um curso em vídeo para ensinar como realiza esse trabalho. O projeto se chama Capacitree – Capacitação e Monitoramento de Florestas por Satélite.

O curso compreende 24 videoaulas disponíveis em português, inglês, espanhol e francês. Os 4 primeiros vídeos trazem noções básicas de sensoriamento remoto, geoprocessamento e processamento digital de imagens, enquanto os outros 20 se concentram em explicar o sistema TerraAmazon, que compreende os dois programas mais conhecidos do INPE. O primeiro é o PRODES, que monitora com precisão a área de desmatamento anual da Amazônia. O outro é o DETER, responsável pelos alertas diários de desmatamento.

As videoaulas estarão disponíveis em um endereço do INPE. Os 20 vídeos sobre o TerraAmazon também poderão ser acessados no canal YouTube INPE-CRA.

“Com as videoaulas, abrimos mais uma importante frente de nosso programa de capacitação, que agora poderá ser acessado por pessoas que não podem vir ao Brasil para os cursos presenciais”, disse Alessandra Gomes, chefe do Centro Regional da Amazônia do INPE, que fica na cidade de Belém do Pará e já capacitou mais de 250 pessoas da América Latina, Ásia e África em cursos presenciais.

O programa de monitoramento da floresta amazônica do INPE embasou as políticas públicas do governo brasileiro que reduziram o desmatamento na região de 27 mil para próximo de 5 mil quilômetros quadrado ao ano, uma queda de 80%. Este sucesso é reconhecido mundialmente. Com seus programas de treinamento, incluindo o novo curso por vídeo, o INPE quer se tornar também uma referência internacional na capacitação de monitoramento de florestas por satélites.

*Com informações da assessoria de imprensa do INPE.

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
12 de abril de 2013

Inpe e Imazon: vigilantes do desmatamento na Amazônia

De São José dos Campos (SP) e Belém do Pará (PA), os dois institutos mantêm um olhar agudo sobre o desmatamento na Amazônia. Entenda como.

Notícias
23 de agosto de 2013

Inpe comemora aniversário e celebra 25 anos do Prodes

Programa que monitora desmatamento na Amazônia é destaque na comemoração de 52 de existência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais.

Salada Verde
24 de maio de 2012

INPE lança cartilha educativa sobre a Rio+20

Publicação para jovens apresenta conceitos sobre economia verde e outros temas que serão discutidos na Conferência da ONU em junho.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta