Reportagens

Petróleo sob berço amazônico

Enquanto Brasil quer depender cada vez mais do petróleo ao explorar a camada pré-sal, Equador diz que deixará reservas no subsolo amazônico em troca de compensações.

Redação ((o))eco ·
3 de novembro de 2009 · 12 anos atrás

Ao descobrir milhares de toneladas de petróleo sob a floresta amazônica, o Equador resolveu tomar uma atitude radicalmente oposta à sanha por exploração petrolífera que o Brasil tanto persegue com a descoberta de óleo na camada pré-sal. O governo equatoriano prometeu deixar suas reservas, que valem seis bilhões de dólares, no subsolo, em nome de uma economia com baixas emissões de carbono. Mas o presidente Rafael Correa reiterou que só vai prosseguir com a idéia se tiver compensações internacionais pela atitude.

Ainda não existe um fundo internacional próprio para isso, mas a Alemanha já acenou com a intenção de investir 50 milhões de dólares anuais, por 13 anos, para ajudar a economias a se adaptarem a baixas emissões através da redução do desmatamento e prevenção da extração petrolífera.

Leia também

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Reportagens
21 de outubro de 2021

COP26 – Brasil tentou minimizar impacto das emissões da pecuária em relatório do IPCC

País também defendeu que aumento do desmatamento não é resultado da política atual brasileira. Outros países fizeram lobby para mudar relatório climático.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta