Salada Verde

Dieta climática

Mudanças globais de temperatura vêm provocando alterações de peso em mamíferos e aves, principalmente em altas latitudes.

Salada Verde ·
9 de março de 2010 · 12 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
foto: North Carolina Zoo
foto: North Carolina Zoo

Depois de passar décadas medindo e monitorando corpos de mamíferos e de pássaros, comparando-os com dados levantados em esqueletos, incluindo tamanho de crânios, ele constatou alterações de peso (para mais e para menos) ocorrendo mais rapidamente nos últimos anos. Segundo ele, essas mudanças involuntárias são uma estratégia de sobrevivência dos animais. Os mais afetados são aqueles que vivem em altas latitudes, perto dos pólos.

Em estudo recente publicado na revista Global Change Biology, Yom-Tov e Eli Geffen mostraram que o declínio nas populações da raposa do Ártico (foto) na Islândia está ligado a mudanças nas correntes oceânicas na região do Pólo Norte. Isso reduz seus estoques de alimento, forçando redução de peso. “As mudanças climáticas estão afetando o padrão de migração, o comportamento e o crescimento de pássaros, insetos e até das flores”, disse Yom-Tov ao site Israel21c.
 

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta