Salada Verde

IPCC promove reunião regional no Brasil

Encontro com pesquisadores da América do Sul e Central pretende ampliar busca por bibliografia regional sobre mudanças climáticas.

Redação ((o))eco ·
16 de abril de 2011 · 13 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O pesquisador José Marengo coordenou a reunião do IPCC no Brasil (foto: Universidade Federal de Minas Gerais)
O pesquisador José Marengo coordenou a reunião do IPCC no Brasil (foto: Universidade Federal de Minas Gerais)

Flávia Moraes

Entre os dias 11 e 13 de abril, o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) promoveu reunião regional no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), em São José dos Campos. O encontro realizado com pesquisadores da América do Sul e Central reuniu autores do Grupo de Trabalho 2 (WGII), responsável por analisar os impactos, adaptações e vulnerabilidade às mudanças climáticas, e também pesquisadores não filiados ao IPCC.

Conforme José Marengo, do INPE e membro do IPCC que coordenou a reunião, há necessidade de buscar mais estudos de análise sobre a região, já que no relatório quatro (AR4) percebeu-se ‘vazios de conhecimento’. “Como o IPCC não produz pesquisa, mas avalia o que é publicado em revistas internacionais, é necessário que os pesquisadores da América do Sul e Central divulguem suas produções para poderem ser analisadas para o próximo relatório. Nosso interesse é voltado para trabalhos que abordem os diversos aspectos dos impactos das mudanças climáticas e adaptações, não só das dinâmicas do clima em si. Áreas como Geografia, Sociologia, entre outras, nos ajudam a entender o assunto de forma mais global”, explica.

O capítulo regional para o quinto relatório de avaliação (AR5), previsto para ser publicado em 2014, já começou a ser escrito, sendo a reunião uma “tentativa de melhorar e ampliar o trabalho”, afirma Marengo. Os representantes de cada país contribuem com trechos de suas localidades, mas o resultado é um texto de análise regional, que une os dados individuais para construir a visão do todo. Além dos dois autores coordenadores, dos quais um é o próprio climatologista do INPE, o capítulo regional deve contar com a contribuição de 15 a 20 pessoas, distrubuídas de forma igualitária pelo território, por gênero e por áreas de estudo.

Durante os três dias de encontros no Instituto, estiveram presentes representantes da Costa Rica, Argentina, Peru, Colômbia, Chile, Guatemala, Paraguai, México, Equador, Cuba, Bolívia, Nicarágua,Venezuela, Espanha, Estados Unidos e Brasil. É a primeira vez que o IPCC promove encontros regionais, reunindo cientistas que participarão da elaboração do AR5, previsto para o início de 2014. Além da América do Sul, já houve um evento no Paquistão, com pesquisadores do continente asiático, e estão previstos encontros em Belize e no continente africano.

Leia também
No Brasil será mais quente
ONU divulga autores do quinto relatório
Revisando o revisado

Leia também

Notícias
12 de abril de 2024

ICMBio abre consulta pública para criação de novo parque marinho no Rio Grande do Sul

Criação do Parna de Albardão foi proposta há mais de 15 anos. Unidade protegerá 1,6 milhão de hectares, em região com alta pressão da pesca industrial

Notícias
12 de abril de 2024

Pesquisadores alertam para impactos de turbinas eólicas sobre morcegos

Artigo assinado por 12 pesquisadores de 9 países e territórios aborda efeitos das turbinas sobre morcegos ao redor do mundo, lista medidas de prevenção e pede maiores regulações

Salada Verde
12 de abril de 2024

Os 35 anos do Parna Grande Sertão Veredas

Uma das principais unidades de conservação do Cerrado abriga inigualáveis cenários que inspiraram a obra de Guimarães Rosa

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.