Salada Verde

Almirante Ibsen de Gusmão Câmara vira nome de pico em São Paulo

O título é uma homenagem do governo estadual ao ambientalista que dedicou sua vida à conservação.

Daniele Bragança ·
27 de junho de 2016 · 5 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Foto: F. Boticário
Um dos decano do ambientalismo no país, o almirante Ibsen é homenageado pelo governo de São Paulo. Foto: F. Boticário.

Na edição de sexta-feira (24) do Diário Oficial do Estado de São Paulo, o governador do estado, Geraldo Alckmin, decretou que o pico de 682 metros localizado na Estação Ecológica Juréia-Itatins passa a se chamar Pico Almirante Ibsen de Gusmão Câmara. O almirante morreu em julho de 2014, aos 90 anos.

O decreto destaca “os relevantes trabalhos desenvolvidos para conservação da biodiversidade paulista e brasileira”, a “excepcional liderança e dedicação à causa ambientalista” e “o alto significado científico da contribuição trazida à proteção da natureza no Estado de São Paulo e no Brasil”.

Ibsen de Gusmão Câmara era um decano do ambientalismo brasileiro. Ambientalista numa época que quase ninguém falava sobre meio ambiente, acumulava em seu currículo grandes feitos pela conservação do país: liderou a campanha contra a caça de baleias no Brasil e teve papel de destaque na criação da Reserva Biológica Atol das Rocas (1979), do Parque Nacional Marinho de Abrolhos (1983), e do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (1987). Em São Paulo, participou da luta pela criação do Parque Estadual Carlos Botelho, localizado em São Miguel Arcanjo.

 

Leia Também

O Homem e o Mar: desafios da conservação dos oceanos

Um adeus ao Almirante Ibsen, ferrenho defensor da natureza

Almirante Ibsen: uma vida dedicada ao Meio Ambiente

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Reportagens
5 de dezembro de 2013

Almirante Ibsen: uma vida dedicada ao Meio Ambiente

Aos 90 anos, almirante Ibsen de Gusmão Câmara recebe homenagem do Ministério do Meio Ambiente por sua luta em prol da conservação.

Colunas
31 de julho de 2014

Um adeus ao Almirante Ibsen, ferrenho defensor da natureza

Deixou-nos hoje, Ibsen de Gusmão Câmara. Gerações de ambientalistas estão tristes, assim, como se pudessem, estariam baleias, tartarugas e toninhas.

Análises
5 de novembro de 2012

O Homem e o Mar: desafios da conservação dos oceanos

Entenda a convenção da ONU que dita os direitos dos países sobre suas águas territoriais e porque ela é insuficiente para salvar os mares

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 6

  1. Crisomar Lobato diz:

    Respeito e admiração pelo Almirante Ibsen de Gusmão Câmara.


  2. Renata Soares diz:

    Bela homenagem a este senhor cuidando do nosso meio ambiente… Acabo de conhecer por indicação de um amigo meu que inclusive sugeriu que seus textos estivessem na plataforma que eu trabalho. Espero sua visita lá em feedHi.com é ótimo para blogueiros e seus textos fazem parte de uma categoria que muita gente busca ler. bjus http://www.feedhi.com


  3. José Truda diz:

    Pense numa homenagem mais que merecida! Grande Almirante, nos faz muita falta e à biodiversidade brasileira também.


  4. Welbi Maia Brito diz:

    Uma bela e justa homenagem do govenador Geraldo Alckmin ao Almirante Ibsen de Gusmão Câmara que foi um dos pioneiros na causa ambientalista no Brasil.


  5. Marc Dourojeanni diz:

    Nada mais merecido e acertado que essa homenagem. Atè o proprio Ibsen, sempre modesto, teria gustado.


  6. Justa homenagem a um dos maiores conservacionistas deste país!