Salada Verde

Após 100 anos sem ser registrada, pantera negra é fotografada na África

Pesquisadores do Zoológico de San Diego conseguiram registrar a presença do animal perto de Nairobi, no Quênia. Animal não é registrado no continente africano desde 1909

Sabrina Rodrigues ·
13 de fevereiro de 2019 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O último registro da Pantera Negra, na África, que se tem conhecimento data de 1909. Foto: San Diego Zoo.

Cientistas do Instituto de Pesquisa para Conservação do Zoológico de San Diego e da Loisaba Conservancy no Quênia captaram imagens de um raro leopardo negro no condado de Laikipia, uma área ao norte de Nairobi, capital do Quênia. As descobertas dos pesquisadores foram publicadas no African Journal of Ecology em janeiro, mas as imagens só foram divulgadas esta semana.

A imagem é uma raridade. Panteras negras não são registradas na África desde 1909, quando foi vista pela última vez em Addis Abeba, capital da Etiópia. Apenas 11 por cento dos leopardos no todo mundo são negros. Havia relatos de panteras-negras no local, mas sem registros por fotografia ou periódico científico.

“É certo que as panteras negras estiveram lá o tempo todo, mas boas gravações puderam confirmar aquilo que sempre ficou ausente até agora”, disse Nicholas Pilfold, biólogo e Ph.D e cientista do San Diego Zoo Global, em um post no Instagram na terça-feira (12).

Pantera negra no Condado de laikipia, Quênia – Foto: Will Burrard-Lucas-San Diego Zoo/Facebook.

De fevereiro a abril de 2018, cinco câmeras gravaram imagens de um jovem leopardo negro fêmea. Ela apareceu sozinha em quatro vídeos durante a noite, bebendo água ou carregando restos de sua presa –, mas no único vídeo durante o dia, o animal estava seguindo um leopardo adulto que não é negro.

“A cor da pelagem do leopardo é negra como resultado do melanismo, uma mutação genética que resulta em uma produção excessiva de pigmento”, afirma Nicholas Pilfold.

A pantera-negra ou leopardo-negro é uma variante melânica do leopardo (Panthera pardus) e está classificado como “vulnerável” na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza. (IUCN).

Saiba Mais

Confirmation of black leopard (Panthera pardus pardus) living in Laikipia County, Kenya

Assista ao vídeo da aparição da Pantera Negra no Quênia:

 

Leia Também

Afinal, o que são as panteras negras?

O leopardo-das-neves está numa fria

Menos ameaçado entre os grandes felinos, leopardos já perderam 75% do território

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
5 de maio de 2016

Menos ameaçado entre os grandes felinos, leopardos já perderam 75% do território

Pesquisadores analisaram pela primeira vez o status das nove subespécies do felino, três correm o risco de desaparecer.

Notícias
31 de outubro de 2014

O leopardo-das-neves está numa fria

O homem é o único predador deste animal. Caça, perda de habitat e mortes por retaliação são as principais causas do risco de extinção da espécie.

Notícias
25 de fevereiro de 2018

Afinal, o que são as panteras negras?

Saiba o que a palavra "pantera" significa, por que alguns grandes gatos são pretos e por que nomear um super-herói da Marvel de pantera foi uma boa ideia

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta