Salada Verde

Confira a íntegra do voto histórico de Cármen Lúcia no “pacote verde” do STF

Voto refere-se a duas ações relativas aos atos e omissões do Governo Federal que levaram ao aumento da destruição na Amazônia. Após pedido de vista, julgamento dos processos foi adiado

Cristiane Prizibisczki ·
8 de abril de 2022
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

O Supremo Tribunal Federal (STF) disponibilizou, na noite de quarta-feira (7), a íntegra do voto da ministra Cármen Lúcia em duas ações relativas ao desmatamento na Amazônia que fazem parte do “Pacote Verde”, série de processos relativos ao meio ambiente que estão sendo analisados pelo STF desde a última semana. A argumentação da ministra, que durou duas sessões plenárias, foi considerada histórica pelos demais membros da Suprema Corte e por representantes do Direito Ambiental.

Nele, Cármen Lúcia fez uma longa defesa do arcabouço ambiental brasileiro e dos acordos firmados nacional e internacionalmente para a proteção de nossos ecossistemas. Ela também defendeu que o Brasil passa por um processo de destruição institucional por “cupinização”, que se daria silenciosamente, de dentro para fora, e afirmou que o Supremo não vai admitir ‘caquistocracia’.

“O voto não deixou pedra sobre pedra […] Agradeço Vossa Excelência, com nosso reconhecimento pelo seu belíssimo trabalho, que vai ficar para os anais do STF e do Direito Ambiental brasileiro e internacional”, disse o presidente do STF, ministro Luiz Fux.

Os votos dizem respeito à Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 760 e a Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) 54, analisadas conjuntamente pela ministra. Relatora dos processos, Cármen Lúcia defendeu a procedência das ações, concluindo que a situação está em nível grave de inconformidade com a Constituição.

Os demais magistrados não chegaram a se manifestar sobre as ações, já que o ministro  André Mendonça pediu vistas. 

Confira a íntegra do voto de Cármen Lúcia na ADPF 760 e ADO 54 aqui.

  • Cristiane Prizibisczki

    Cristiane Prizibisczki é Alumni do Wolfson College – Universidade de Cambridge (Reino Unido), onde participou do Press Fellow...

Leia também

Notícias
6 de abril de 2022

Em recado para Bolsonaro, Cármen Lúcia diz que Supremo não vai admitir ‘caquistocracia’

Nome se refere a um sistema de governo onde os líderes são os piores e menos qualificados possível. André Mendonça pede vista e STF adia decisão de duas das sete ações em pauta

Notícias
31 de março de 2022

Julgamento do “Pacote Verde” no Supremo é adiado para próxima semana

Nenhuma das sete ações ambientais da pauta foi votada. Debate será retomado na quarta-feira com votação dos ministros para os dois processos em discussão

Notícias
30 de março de 2022

Supremo dá início a julgamento histórico do “pacote verde”

Sete ações relacionadas ao desmonte da política ambiental estão em pauta. Meio ambiente vive um processo de destruição institucional por “cupinização”, diz ministra Cármen Lúcia

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta