Salada Verde

Conservação marinha é tema de exposição fotográfica no AquaRio

Abertura ocorreu no dia 3 de dezembro e estará disponível até dia 2 de fevereiro de 2022. Exposição reúne imagens de cinco grandes projetos de conservação da rede Biomar

Bruna Martins ·
8 de dezembro de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

A exposição fotográfica “Biomar: um legado para a humanidade” traz capturas de cinco projetos de conservação marinha: o Albatroz, Baleia Jubarte, Coral Vivo, Golfinho Rotador e Meros do Brasil, que são patrocinados pelo Programa Petrobras Socioambiental e formam a Rede Biomar, iniciativa conjunta com mais de 10 anos de atividades ao longo do litoral de 13 estados brasileiros. O evento foi pensado como uma forma de valorizar a conservação marinha no país e apresentar a atuação dos projetos no trabalho de pesquisa e conservação de espécies. Sua abertura ocorre no dia 3 de dezembro e ficará disponível até dia 2 de fevereiro de 2022, no AquaRio, Rio de Janeiro.

No total, a exposição traz 10 quadros, com duas imagens de cada projeto para apresentar o olhar dos pesquisadores que têm contato com essas espécies marinhas no seu dia-a-dia. 

Junto às imagens serão incluídos QR Codes contendo audiodescrição, legendas e vídeos dos fotógrafos contando sobre a história da imagem, com interpretação em Libras. Na entrada do circuito, nos estandes do Meros e do Projeto Baleia Jubarte, os visitantes terão acesso a informações e curiosidades sobre as pesquisas e, durante o percurso do AquaRio, poderão vivenciar experiências sensoriais até o fim do trajeto onde a exposição estará em exibição.

Para quem for nas sextas ou sábados, uma equipe de Educação Ambiental do projeto Meros do Brasil irá oferecer uma visita guiada no circuito do AquaRio, além de desenvolverem atividades interativas com os visitantes. Uma das atividades é a oficina inédita de identificação de peixes na qual os participantes, crianças ou adultos, poderão reconhecer as características dos peixes recifais e das espécies mais comumente encontradas na Baía de Guanabara. Haverá ainda uma Oficina de Origami direcionada para iniciantes com pouca ou nenhuma prática na arte de dobrar papéis, além de oficinas de desenho, pintura e criação para as crianças.

Foto: Athila Bertoncini / Projeto Meros do Brasil.

Serviço

Exposição fotográfica “Biomar: um legado para a humanidade”

Data: 03 de dezembro a 02 de fevereiro de 2022.

Local: AquaRio (Praça Muhammad Ali, Gambôa, Rio de Janeiro)

Horário: segunda a sexta-feira, exceto feriados, de 9h às 17h com última entrada no circuito às 16h

Fins de semana: 09h às 18h com última entrada no circuito às 17hMais Informações: www.aquariomarinhodorio.com.br

  • Bruna Martins

    Jornalista em formação pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Leia também

Reportagens
7 de fevereiro de 2019

“Sem apoio da população local, não há conservação”, diz pesquisador do mero

Maurício Hostim conta sobre a evolução do trabalho de conservação do mero e acredita que ainda é cedo para falar em acabar com a moratória de pesca

Notícias
22 de março de 2013

Mero, o Senhor das Pedras

O homenageado da semana em ((o))eco tem um nobre título. E, como toda a nobreza, corre risco de extinção. Foto: Athila Bertonchi.

Notícias
21 de janeiro de 2022

Em discurso de pré-candidatura, Ciro Gomes defende economia de baixo carbono

Durante a Convenção Nacional do PDT, o pré-candidato diz que a pauta ambiental é um instrumento de proteção dos ecossistemas e uma oportunidade de investimento

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta