Salada Verde

Desmatamento na Amazônia aumenta em janeiro

De acordo com o Boletim do Desmatamento (SAD) divulgado pelo Imazon, desmatamento na região subiu 54 por cento no primeiro mês deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado

Sabrina Rodrigues ·
1 de março de 2019 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Desmatamento proveniente de garimpo ilegal na Terra Indígena Munduruku, no Pará, que está entre as dez mais desmatadas segundo lista divulgada pelo Imazon. Foto: Vinícius Mendonça/Ibama.

O desmatamento na Amazônia aumentou 54% no mês janeiro, em comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 70 quilômetros quadrados perdidos para 108 km². Esses são os dados do Boletim do Desmatamento (SAD) do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), divulgados nesta quinta-feira (28).

O alerta aponta o Pará como o estado que mais desmatou em janeiro, com 37% do total de perda de floresta registrado no período, seguido por Mato Grosso (32%), Roraima (16%) e Rondônia (8%). Os estados do Amazonas e do Acre ficaram com 6% e 1%, respectivamente.

A unidade de conservação mais desmatadas é a Área de Proteção Ambiental (APA) Triunfo do Xingu, que perdeu 3 quilômetros quadrados de área verde, seguida da APA dos Tapajós e a Resex Verde para Sempre, as três são do Pará.

Entre as Terras Indígenas, a TI Ituna/Itatá  (PA) lidera o ranking, com 4 quilômetros quadrados de vegetação degradada e a TI Aripuanã, localizada entre os estados de Rondônia e Mato Grosso e habitada pelo povo Cinta Larga, segue com 1,5 quilômetros quadrados de desmatamento.

 

Saiba Mais

SAD – Janeiro de 2019

 

Leia Também

Alerta de desmatamento na Amazônia cresce 34% em dezembro

Desmatamento na Amazônia dispara em novembro

Resex Chico Mendes é a que a mais sofre pressão do desmatamento

 

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
27 de fevereiro de 2019

Resex Chico Mendes é a que a mais sofre pressão do desmatamento

Levantamento feito pelo Imazon revela que unidade de uso sustentável lidera ranking das áreas protegidas mais ameaçadas da Amazônia

Notícias
2 de janeiro de 2019

Desmatamento na Amazônia dispara em novembro

Corte de florestas detectado no mês de penúltimo mês de 2018 foi 4 vezes maior do que no mesmo mês do ano anterior. Pará lidera perda de floresta

Notícias
30 de janeiro de 2019

Alerta de desmatamento na Amazônia cresce 34% em dezembro

Segundo dados da ONG Imazon, o estado do Pará é o que mais desmata. Acumulado do ano mantém perspectiva de alta no desmatamento

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 2

  1. Paulo diz:

    Vamos srs., mexam-se. Alto lá Salles, ao trabalho.