Salada Verde

Funai e demarcação de terras indígenas voltam para o Ministério da Justiça

Oposição e Centrão derrotam governo e modificam medida provisória que reorganizou os órgãos do Executivo. A proposta ainda precisa passar pelos plenários da Câmara e Senado

Daniele Bragança ·
9 de maio de 2019 · 3 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
Comissão reunida na manhã desta quinta-feira. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado.

Por 15 votos a 9, a comissão especial responsável por analisar a medida provisória que reorganizou os órgãos do Executivo decidiu que a Funai volta a ficar sob a responsabilidade do Ministério da Justiça. A decisão é uma derrota ao governo, principalmente para o ministro Sergio Moro, que preferia que a Funai continuasse no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, cuja titular é a ministra Damares Alves.

A Funai não apenas volta para a pasta onde sempre esteve como recupera a atribuição de demarcar terras indígenas, função que havia sido transferida para o Ministério da Agricultura.

O relatório, aprovado na manhã desta quinta-feira (09), ainda precisa passar nos plenários da Câmara e do Senado.

 

Leia Também

Em cem dias de governo, um século de retrocesso na política indigenista brasileira

Funai deve ir para o Ministério da Agricultura, diz Onyx

ANA muda de pasta e atribuição, mas incertezas continuam

 

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2018

Funai deve ir para o Ministério da Agricultura, diz Onyx

Futuro ministro da Casa Civil afirma que questão indígena deverá sair do Ministério da Justiça. Objetivo é dar novo direcionamento para a pasta

Reportagens
10 de abril de 2019

ANA muda de pasta e atribuição, mas incertezas continuam

Recém-criado Ministério do Desenvolvimento Regional passou a abrigar a Água Nacional de Águas (ANA), que deve assumir questões regulatórias

Análises
20 de janeiro de 2022

Além do plantio: incluindo pessoas na restauração florestal

Mais importante do que “apenas” plantar árvores, é necessário conciliar a conservação ambiental com produção sustentável através da integração de paisagens e pessoas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta