Salada Verde

Girafas estão na lista de animais ameaçados de extinção

Nos últimos 30 anos a população de girafas sofreu uma redução de 40%. Entre os motivos para o declínio estão a caça ilegal e a diminuição dos habitats naturais

Sabrina Rodrigues ·
8 de dezembro de 2016 · 5 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
A população mundial de girafas sofreu uma redução de 40% nos últimos 30 anos. Foto: Martine/Flickr
A população mundial de girafas sofreu uma redução de 40% nos últimos 30 anos. Foto: Martine/Flickr

Nesta quinta-feira (8) a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) divulgou, na 13ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB COP 13), em Cancún, no México, a mais recente atualização da Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas. A informação é que a girafa passou para a categoria, que antes era de “pouco preocupante” para “vulnerável”. Isso porque a população mundial de girafas sofreu uma redução de 40% nos últimos 30 anos. Em 1985, o número era de 155 mil girafas e em 2015 passou a ser um pouco mais de 97 mil. As razões para a redução da população desses animais são a caça ilegal, a diminuição dos seus habitats naturais, a expansão da agricultura e da mineração e o aumento do conflito entre humanos e animais selvagens.

Fonte original: EBC

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
20 de janeiro de 2022

Espécie de jararaca descoberta na Caatinga revela história evolutiva até então desconhecida

A descoberta da espécie B. jabrensis trouxe também uma revelação surpreendente: uma nova linhagem evolutiva, até então desconhecida pela ciência, dentro do gênero jararacas

Notícias
20 de janeiro de 2022

“Essa tese de que vamos abrir a cerca para o gado passar não será predominante no meu governo”, diz Lula

Em entrevista coletiva, pré-candidato do PT à presidência falou em meio ambiente urbano, pesticidas e defendeu o legado de construção de grandes hidrelétricas na Amazônia

Análises
20 de janeiro de 2022

Além do plantio: incluindo pessoas na restauração florestal

Mais importante do que “apenas” plantar árvores, é necessário conciliar a conservação ambiental com produção sustentável através da integração de paisagens e pessoas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Flávia diz:

    Excelente artigo.. bem mais aprofundado do que tenho visto em outros canais que tocam no assunto de restauração. Obrigada, Veronica.