Salada Verde

Governo do MS derruba licenças para desmatamento no Pantanal

Um projeto de lei para o bioma deve ser enviado pelo Executivo Estadual à Assembléia Legislativa, em até 60 dias

Aldem Bourscheit ·
16 de agosto de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Um decreto do governador de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB), publicado no Diário Oficial do estado nesta quarta-feira (16) suspende todas as licenças estaduais para supressão de vegetação nativa do Pantanal. 

Isso vale até que a administração estadual, instituições de ensino e pesquisa, sociedade civil e agro debatam juntos sobre políticas e ações que possam conter a devastação do Pantanal, como pede a legislação florestal nacional.

A suspensão decorre do explosivo desmate do bioma no estado. As perdas no primeiro semestre saltaram 272% sobre o mesmo período de 2022. Nos últimos 4 anos, 90% das perdas do Pantanal ocorreram no Mato Grosso do Sul.

O cancelamento também se adiantou à possível suspensão das licenças pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). A sugestão consta em nota técnica do Ministério do Meio Ambiente, que seria votada no colegiado.

Ao mesmo tempo, o governo Riedel assegura que, em até dois meses, enviará à Assembleia Legislativa um projeto com novas regras para a “exploração econômica sustentável” do Pantanal.

Ex-ministra da Agricultura de Jair Bolsonaro, a senadora Tereza Cristina (PP) criticou a possível ação federal para derrubar a lei sul-mato-grossense, mas viu com bons olhos a suspensão de licenças e o projeto estaduais do Pantanal.

“O mundo mudou e existe um olhar especial pelo Pantanal e o governo vai ter de transformar em lei esse decreto. Se passaram muitos anos e temos de fazer o que hoje o mundo e o Brasil querem para o Pantanal”, disse
Com informações de mídias nacionais e estaduais.

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista cobrindo histórias sobre Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Selvagem, Ciência, Comunidades Indígenas e ...

Leia também

Notícias
8 de agosto de 2023

Mato Grosso do Sul é o grande líder no desmatamento do Pantanal

As perdas verificadas neste primeiro semestre são três vezes maiores do que o observado no mesmo período de 2022

Notícias
7 de julho de 2023

MP investigará autorizações para desmatamento no Mato Grosso do Sul

Ministério Público vai investigar sistema do órgão ambiental estadual que licencia e autoriza o desmate no estado, que responde por mais de 90% da área desflorestada no Pantanal desde 2019

Salada Verde
3 de agosto de 2023

Estudo comprado estaria por trás do intenso desmate do Pantanal no MS

Trabalho teria sido contratado após Embrapa afirmar que no máximo 35% dos imóveis poderiam ter vegetação suprimida

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 2

  1. Alexandre Magno Sebbenn diz:

  2. Paulo diz:

    A sra Tereza, a menina veneno. A iluminati do boi bombeiro.
    A sra. ajuda muito, mas muito, se ficar de boca fechada.