Salada Verde

Governo quer reduzir a captura e a mortalidade de tartarugas

Portaria publicada nesta segunda-feira (06) estabelece medidas como utilização de anzóis, equipamentos e até como proceder em caso de soltura dos animais

Sabrina Rodrigues ·
6 de novembro de 2017 · 4 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O governo federal publicou nesta segunda-feira (06) portaria para reduzir a captura e a mortalidade de tartarugas marinhas por embarcações pesqueiras. Foto: Mescal83/Flickr.
O governo federal publicou nesta segunda-feira (06) portaria para reduzir a captura e a mortalidade de tartarugas marinhas por embarcações pesqueiras. Foto: Mescal83/Flickr.

O governo federal publicou nesta segunda-feira (06) a Portaria nº 74/2017 estabelecendo medidas mitigadoras para reduzir a captura incidental e da mortalidade de tartarugas marinhas por embarcações pesqueiras em três áreas: no mar territorial brasileiro, Zona Econômica Exclusiva brasileira e águas internacionais.

Segundo a portaria entende-se por medidas mitigadoras “o conjunto de estratégias, equipamentos, petrechos e métodos utilizados para evitar e reduzir a captura e mortalidade de tartarugas marinhas capturadas incidentalmente em operações de pesca”.

Entre as medidas adotadas está a obrigatoriedade das embarcações nacionais e estrangeiras em utilizarem anzóis circulares, ou seja, de formato circular, confeccionado em metal, sem argola, com ponteira virada em direção à haste.

O texto estabelece mais regras sobre quais equipamentos devem ser utilizados para embarques, retirada de anzóis, corte de linhas, assim como qual o procedimento deve ser adotado na soltura das tartarugas marinhas capturadas pelo espinhel (aparelho de pesca com a utilização de iscas para a atração dos peixes).

Saiba Mais
Portaria nº 74 de 1 de novembro de 2017

Leia Também

O que é a Zona Econômica Exclusiva

Lar, magnético lar! Como tartarugas acham o caminho de casa

Ibama de Sergipe é condenado por aumento nas mortes de tartarugas

  • Sabrina Rodrigues

    Repórter especializada na cobertura diária de política ambiental. Escreveu para o site ((o)) eco de 2015 a 2020.

Leia também

Notícias
1 de agosto de 2017

Ibama de Sergipe é condenado por aumento nas mortes de tartarugas

Justiça federal entendeu que órgãos ambientais não fizeram fiscalização adequada, no que resultou no aumento de 15% na mortalidade dos animais

Notícias
15 de janeiro de 2015

Lar, magnético lar! Como tartarugas acham o caminho de casa

Graças à capacidade de reconhecer assinaturas de campos magnéticos ao longo da costa, tartarugas conseguem voltar à praia onde nasceram.

Dicionário Ambiental
9 de abril de 2015

O que é a Zona Econômica Exclusiva

Entenda o que delimita as 200 milhas náuticas sobre as quais países costeiros têm prioridade de uso e responsabilidade de preservar

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta