Salada Verde

Mais de 20 mil papagaios-charão estão migrando pela Região Sul

As aves ajudam a manter as florestas com araucárias ao se alimentar e dispersar suas sementes, os pinhões

Aldem Bourscheit ·
26 de maio de 2023
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Estamos no auge da movimentação anual do papagaio-charão (Amazona pretrei) por regiões elevadas entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Com cerca de 22 mil aves, é a única migração conhecida de psitacídeos no mundo.

O melhor local para avistá-los nessa época é a região de Urupema (SC), a 200 km da capital Florianópolis. Lá estão grandes remanescentes de araucárias, cujas sementes alimentam aquelas milhares de aves.

Durante o banquete, carregam e derrubam inúmeros pinhões, ajudando a manter as matas com o chamado pinheiro-brasileiro (Araucaria angustifolia). Mais informações sobre a ave com o Projeto Charão.

  • Aldem Bourscheit

    Jornalista cobrindo histórias sobre Conservação da Natureza, Crimes contra a Vida Selvagem, Ciência, Comunidades Indígenas e ...

Leia também

Reportagens
31 de outubro de 2022

Os guardiões das aves invisíveis de Sepetiba

Em pesquisa inédita, casal venezuelano que vive há 4 anos no Rio contabiliza 64 mil pássaros migratórios num único ano na Zona Oeste – mas aves são desconhecidas pela população local

Reportagens
4 de janeiro de 2021

Pássaro “paulista” viaja 3 mil km e passa o inverno na Floresta Amazônica

Comum em praças e jardins de áreas urbanizadas, o bem-te-vi-rajado viaja durante 30 dias até chegar em um ambiente bem diferente de casa

Reportagens
22 de maio de 2023

Economia da observação de aves ajuda a preservar a Mata Atlântica

Uma grande reserva distribuída nas regiões Sul e Sudeste abriga uma das maiores variedades globais de espécies de emplumados

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.