Salada Verde

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Cristiane Prizibisczki ·
21 de outubro de 2021
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente

Um dos caçadores filmados comemorando a morte de uma onça-preta (Panthera onca melânica) esta semana foi localizado e preso pela Polícia Civil do Maranhão na tarde de ontem (20). O vídeo, de 26 segundos, viralizou nas redes sociais, o que permitiu a localização dos caçadores. 

Na imagem, é possível ver dois homens, fora quem está filmando. O principal caçador segura o animal sem vida e se gaba do feito. Um outro se coloca do lado da onça morta, para ser registrado com o bicho. Segundo informações do Ibama à Polícia Civil do Maranhão, o espécime era uma fêmea.

As imagens foram feitas dentro da Terra Indígena Arariboia, em Arame (MA), a 476 km da capital São Luis, onde o animal foi abatido com tiros de espingarda. A Polícia Civil não informou o nome completo do homem que foi preso, mas, segundo apurou ((o))eco, ele é casado com uma indígena da TI Arariboia.

Com ele, foram encontrados o couro da onça abatida, duas espingardas, oito munições calibre 20mm intactas e quatro deflagradas, além de pólvora e outros materiais utilizados na caça de animais silvestres. As informações são da Polícia Civil.

O preso foi levado à sede da Delegacia de Polícia Civil de Arame e, em seguida, transferido para uma unidade prisional da região. A polícia tenta agora localizar os demais envolvidos no crime.

A onça- negra é uma onça-pintada com uma alteração genética que produz excesso de melanismo: daí vem a cor preta do pelo. O animal é vulnerável à extinção, de acordo com o livro vermelho de espécies ameaçadas, justamente pela caça e pela perda de habitat.  

A caça de animais silvestres sem permissão ou licença da autoridade competente tem pena prevista pela Lei 9.605/98 de seis meses a um ano de reclusão e multa.

O Ibama aguarda agora a confirmação, por parte da Polícia Civil, dos dados pessoais do homem preso, para aplicação da multa.

  • Cristiane Prizibisczki

    Cristiane Prizibisczki é Alumni do Wolfson College – Universidade de Cambridge (Reino Unido), onde participou do Press Fellow...

Leia também

Notícias
12 de dezembro de 2013

Onça ferida por tiro acaba atropelada

Em acidente raro, onça-pintada morreu na BR-174, no Amazonas, mas Ibama descobriu que ela tinha sido baleada antes do acidente.

Notícias
15 de julho de 2021

Uma das últimas onças-pintadas da Serra de Paranapiacaba é assassinada

O animal era monitorado por pesquisadores, que o encontraram morto com mais de 50 perfurações de chumbos de espingarda próximo da rodovia SP-250. É a quinta onça assassinada na região

Análises
14 de junho de 2020

Procura chinesa movimenta caça de onça-pintada e outros felinos nas Américas

Comércio ilegal de felinos movimenta a medicina milenar chinesa. Até quando a China, a despeito de preservar sua cultura, colocará em risco a biodiversidade de outros continentes?

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 3

  1. Paulo diz:

    Mais um trantornado com sua propria existencia. Gentalha.


  2. MARLI ALVES PEREIRA VASCONCELLOS diz:

    Não entendo o porquê esconder o rosto do homem, adulto!! Ele mostrou a cara nas redes sociais!! É preciso identificar criminosos.


    1. JOCEMIR VIEIRA JUNIOR diz:

      Verdade.
      E um ano e seis meses é muito pouco pra esse tipo de crime!