Salada Verde

Sobrecarga da Terra 2019: o planeta acaba de entrar no cheque especial

Cinco meses antes do fim do ano, o mundo já utilizou todos os estoques de recursos naturais acima da capacidade de regeneração do planeta

Daniele Bragança ·
29 de julho de 2019 · 2 anos atrás
Salada Verde
Sua porção fresquinha de informações sobre o meio ambiente
O Dia da Sobrecarga nos lembra que estamos usando mais recursos e produzindo mais carbono do que o planeta é capaz de suportar. Na imagem, a Terra vista da Estação Internacional. Foto: Nasa.

A conta da humanidade com a Terra entra no vermelho a partir de hoje, 29 de julho. Alcançamos nesta data ‒ a mais cedo do que em toda a série histórica, medida desde 1970, o Dia de Sobrecarga da Terra (Overshoot Day, em inglês), quando a humanidade já extrapolou o limite da terra, pois a demanda de consumo sobre os recursos naturais continua maior do que a capacidade de regeneração do planeta.

O dia da sobrecarga é medido desde 1970 e aparece no calendário cada vez mais cedo. Há 20 anos, essa data caiu em 29 de setembro; dez anos atrás, em 18 de agosto. Ano passado caiu no dia 01 de agosto e chegou agora em julho. A demanda por recursos continua crescendo em um planeta finito. A conta não fecha.

Calma que piora. Até 2030 a projeção é que precisaremos de 2 Terras para manter o padrão de consumo atual.

Como é feito o cálculo

A Global Footprint Network calcula o Dia da Sobrecarga da Terra todos os anos usando o cálculo de Pegada Ecológica, que inclui todas as diferentes demandas sobre a natureza, como a de alimentos, madeira e fibras (algodão); absorção de emissões de carbono da queima de combustíveis fósseis; além de construções, estradas e demais infraestruturas.

O cálculo também é feito para os países: é quando o Dia da Sobrecarga da Terra cairia se toda a humanidade consumisse como as pessoas daquela nação. No caso do Brasil, a data cai dois dias depois, em 31 de julho.

“Há uma percepção equivocada, compartilhada por alguns, de que o Brasil é país que mais preserva o ambiente no Planeta e que não teríamos qualquer problema nesse aspecto. No entanto, vamos entrar no cheque especial dos recursos naturais praticamente junto com o restante do Planeta. Temos muito o que fazer, a começar por implementar com mais rigor as regras de proteção ambiental que construímos ao longo das últimas décadas, as quais ainda são muito frequentemente deixadas de lado”, alerta Raul do Valle, do WWF-Brasil, rede parceira da Global Footprint Network.

 

Leia Também 

Dia da Sobrecarga da Terra: entraremos no cheque especial no dia 1º de agosto

O último dia do ano nunca chegou tão cedo

 

  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Análises
8 de agosto de 2016

O último dia do ano nunca chegou tão cedo

O Dia da Sobrecarga nos lembra que consumimos demais e entramos no cheque especial do planeta, desta vez quase cinco meses antes do fim do ano

Salada Verde
26 de julho de 2018

Dia da Sobrecarga da Terra: entraremos no cheque especial no dia 1º de agosto

No primeiro dia do próximo mês, a humanidade terá consumido o estoque de recursos naturais para o ano inteiro. Em 50 anos, esse é o dia mais cedo de sobrecarga

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta