Vídeos

Resfriamento ecológico na Suazilândia

Pequena fábrica na Suazilândia produz geladeiras que não prejudicam o meio ambiente e melhoram a qualidade de vida da população.

Inga Sieg ·
22 de julho de 2012 · 9 anos atrás

 

No mundo industrializado, geladeiras fazem parte do cotidiano. No entanto, boa parte delas ainda gasta muita energia e, se não forem descartadas corretamente, o líquido que serve para refrigerar pode causar graves danos ao clima.

Em uma pequena fábrica no pequeno e pobre reino da Suazilândia, são produzidos aparelhos de refrigeração que não prejudicam o meio ambiente.

Apoiada pela Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima, seus produtos já estão disponíveis no mercado internacional. O objetivo é gerar empregos e fornecer geladeiras para a população, da forma mais ecologicamente correta possível.

Amplitude do projeto: 70 mil geladeiras por ano

Volume de investimentos: 3,4 milhões de euros

Redução de emissões de CO2: 29 mil toneladas ao ano

Um filme de Inga Sieg

Esse conteúdo é publicado em uma parceria de ((o))eco com a Deutsche Welle, emissora pública alemã
 


Leia também

Reportagens
25 de outubro de 2021

Exploração ilegal de madeira aumenta no Mato Grosso e chega a 88,3 mil hectares em 2020

Ilegalidade atinge 38% da área total utilizada para extração de madeira no estado. Mais de 10 mil hectares explorados de forma ilegal foram em áreas protegidas

Análises
25 de outubro de 2021

Como frear crises hídricas, as atuais e as futuras?

Acompanhamos de perto, por aqui, uma expansão imobiliária desordenada, que, à luz do dia, destrói nascentes e despeja esgoto diretamente em cursos d’água

Reportagens
25 de outubro de 2021

Como os estados cuidam da Amazônia: comparamos dados de proteção, orçamento e desmatamento

Análise exclusiva do ((o))eco se debruça sobre dados ambientais dos nove estados da Amazônia Legal para compreender diferenças e semelhanças nas políticas públicas regionais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta