Colunas

Retribuindo à natureza

Empresas que destroem o meio ambiente lucram transferindo custos para a sociedade. A CBMM mostra que existe um outro caminho, até mesmo para uma mineradora.

9 de dezembro de 2005 · 18 anos atrás

Revolvendo nossas anotações sobre o início de nossa coluna aqui em O Eco nos deparamos com um email de nosso editor propondo que a coluna procurasse histórias sobre business e meio ambiente. Paramos um pouco, buscamos nossas colunas antigas e vimos que pouco cumprimos dessa proposta inicial. Até hoje, depois de muito pesquisarmos e lermos sobre o assunto, ainda não achamos a melhor definição para sustentabilidade, nem mesmo seus parâmetros básicos. Quando falamos de casos de sucesso em termos de atividades sustentáveis, elas deveriam ser sustentáveis economicamente e ambientalmente. Mas sempre nos deparamos com a seguinte pergunta: Há alguma atividade econômica realmente sustentável?

* Os colunistas viajaram a convite da CBMM.

Leia também

Notícias
19 de abril de 2024

Em reabertura de conselho indigenista, Lula assina homologação de duas terras indígenas

Foram oficializadas as TIs Aldeia Velha (BA) e Cacique Fontoura (MT); representantes indígenas criticam falta de outras 4 terras prontas para homologação, e Lula prega cautela

Notícias
19 de abril de 2024

Levantamento revela que anta não está extinta na Caatinga

Espécie não era avistada no bioma havia pelo menos 30 anos. Descoberta vai subsidiar mudanças na avaliação do status de conservação do animal

Salada Verde
19 de abril de 2024

Lagoa Misteriosa vira RPPN em Mato Grosso do Sul

ICMBio oficializou a criação da Reserva Particular do Patrimônio Natural Lagoa Misteriosa, destino turístico em Jardim, Mato Grosso do Sul

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.