Fotografia

Marigo e a sensibilidade da técnica

Instante de beija-flor, girafas em luta, cenários de pintura. Luiz Carlos Marigo, um dos grandes fotógrafos ambientais do mundo, alia técnica e sensibilidade

Alexandre Sant´Anna ·
23 de dezembro de 2004 · 17 anos atrás

O carioca Luiz Claudio Marigo não procura a foto pela foto. Para ele fotografar natureza é coisa séria, que envolve algo mais do que o senso estético. Diz respeito ao pulsar vivo do ambiente, ao comportamento dos seres que protagonizam suas cenas, ao “espírito” da natureza, enfim.

Aos 54 anos, 32 deles dedicados à fotografia ambiental, não se cansa de demonstrar na prática que o único caminho para manifestar esta sensibilidade ecológica plenamente é o extremo apuro técnico. A receita rendeu-lhe um posto entre os maiores do mundo em sua área. Já publicou em 15 países de todos os continentes e levou suas imagens às principais revistas de natureza, como Natural History, International Wildlife, BBC Wildlife, Terre Sauvage e Das Tier. Na National Geographic americana, assinou diversos anúncios da renomada série “Wildlife as Canon Sees It”, que já dura mais de duas décadas.

Também o meio científico descobriu o olhar único de Marigo, o que levou suas fotografias aos livros de pesquisadores como José Márcio Ayres, Adelmar Coimbra Filho, Carlos Toledo Rizzini e Luiz Soledade Otero, e mais de 30 publicações editadas em outros países.

Prêmios não lhe faltam, inclusive várias menções honrosas e um prêmio principal do “Wildlife Photographer of the Year”, o mais importante concurso do gênero, organizado pela BBC e Natural History Museum de Londres. Da série selecionada para O Eco, cinco fotografias receberam esta disputada distinção. Tentar descobrir por conta própria quais são elas, em detrimento de todas as outras, não é tarefa fácil. Por isso mesmo preferimos não discriminá-las. Deixar o visitante munir-se apenas de sua sensibilidade artística e ambiental, que é o que importa.

 

Leia também
Fotografia de natureza pode ser uma arma contra crimes ambientais
Fotos: as aves mais raras do mundo
Guia: as aves do Pantanal
Guia: as aves da Amazônia
O incrível “Rally Internacional de Observação de Aves”

 

Leia também

Notícias
27 de maio de 2022

São Paulo registra duas décadas de poluição do ar acima do recomendado pela OMS

Em alguns pontos da cidade, concentração de poluentes foi quatro vezes maior do que o indicado, mostra estudo. Poluição mata 7 milhões de pessoas por ano no mundo

Notícias
26 de maio de 2022

Conexão de trilhas e pessoas embala 1º Congresso Brasileiro de Trilhas

Evento que começou nesta quarta (25) e se estende até domingo, em Goiânia, conta com mais de 1.500 inscritos para discutir e fomentar a implementação de trilhas no Brasil

Salada Verde
26 de maio de 2022

A proposta de restaurar 900 campos de futebol de Mata Atlântica em dois anos

Projeto teve início no primeiro semestre de 2022 e seguirá até dezembro de 2023, com a proposta de restaurar 886.3 hectares de vegetação, sendo 720.8 em áreas de RPPNs e 165.5 em regiões do entorno

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta