Notícias

Perigo

As autoridades americanas, diz o The New York Times (gratuito, pede cadastro), começaram a ficar novamente preocupadas com com reatores nucleares de pesquisa que se utilizam do mesmo tipo de urânio que as armas nucleares como combustível. Há 139 reatores deste tipo espalhados pelo mundo. Um terço deles, graças a um programa iniciado há duas décadas pelos americanos, converteu seu combustível para urânio menos explosivo. Mas os outros, incluindo seis reatores que estão em universidades americanas, continuam como estavam. Teme-se que venham a virar alvo da cobiça terrorista. Em especial os que estão em centros acadêmicos, onde a segurança está longe de ser invulnerável.

Cristina Matos ·
17 de agosto de 2004 · 20 anos atrás

Leia também

Notícias
15 de julho de 2024

Reforma tributária: Brasil perde chance de colaborar com meio ambiente, diz organização

Na primeira grande regulamentação da Reforma Tributária, Congresso deixa de sobretaxar produtos nocivos ao meio ambiente

Reportagens
15 de julho de 2024

Na Amazônia, o fruto que alimenta há milhares de anos encara a ameaça das mudanças climáticas

O açaí está na base do prato para muitas populações amazônicas, mas com colheitas reduzidas por causa das mudanças climáticas, comunidades encaram uma perda que é alimentar, cultural e econômica

Colunas
15 de julho de 2024

Pensando como ancestrais para salvar o planeta

Para pensar de forma ancestral, o Brasil terá que abandonar nocivas ilusões petroleiras e a destruidora ambição do agronegócio predador

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.