Notícias

Passe-livre para os felinos

Reservas ambientais não são mais suficientes para impedir a extinção de grandes espécies, principalmente quando se trata de predadores. A população de leões na África, por exemplo, diminuiu drasticamente na última década porque os animais estão encurralados: ou eles sobrevivem dentro dos limites de parques nacionais – o que vai contra a natureza da espécie – ou se arriscam em campos vigiados por fazendeiros armados. Para tentar encontrar uma solução que satisfaça tanto os homens quanto os bichos, grupos de conservação em diferentes países estão criando corredores de mata que ligam reservas ambientais. Essa iniciativa, que já foi adotada no Brasil há alguns anos, agora está sendo aplicada na África e na Índia. Os fazendeiros são incentivados a ganhar dinheiro com turismo ao permitir que grandes felinos cruzem suas propriedades. Os visitantes selvagens geram mais lucros do que prejuízos. A revista americana Time, edição de 23 de agosto, traz matéria de capa sobre o tema. O acesso à versão online é pago.

Lorenzo Aldé ·
25 de agosto de 2004 · 17 anos atrás
  • Lorenzo Aldé

    Jornalista, escritor, editor e educador, atua especialmente no terceiro setor, nas áreas de educação, comunicação, arte e cultura.

Leia também

Notícias
14 de janeiro de 2022

Thiago de Mello, conhecido como o “poeta da floresta”, morre aos 95 anos

Poeta e jornalista amazonense cantou em prosa e verso sua luta pela preservação da maior floresta tropical do mundo

Reportagens
14 de janeiro de 2022

Venenos usados na soja seguem prejudicando a produção de frutas no Rio Grande do Sul

Agrotóxicos contra pragas resistentes ao glifosato contaminam e destroem plantios de uvas e outras economias no estado. Questão aguarda decisão judicial há mais de 1 ano

Análises
14 de janeiro de 2022

Monitoramento do comércio de combustível de aviação ajuda no combate ao crime ambiental

Desregulamentação e desestatização não pode significar abandono total do controle da distribuição e revenda, sob risco de aumentar o descaminho do combustível e sua utilização em atividades criminosas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta

Comentários 1

  1. Diego diz:

    Onde assisto ao filme? O link já era…