Notícias

“A Atividade Madeireira na amazônia brasileira: produção, receita e mercados”

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOAD O Governo Federal e o Serviço Florestal Brasileiro em parceria com o Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) lançaram neste ano o livro entitulado: “A atividade Madeireira na Amazônia brasileira: produção, receita e mercados”. A publicação tem por objetivo avaliar o atual cenário madeireiro da região amazônica de modo a subsidiar a formulação e implementação de políticas públicas capazes de estabelecer uma economia de base florestal sustentável e duradoura para a Amazônia Legal. Juntamente com a publicação anterior do Imazon, “A expansão madeireira na Amazônia”, formam a série mais completa de estudos sobre esta atividade econômica no Brasil. O livro abrange os aspectos de produção, geração de renda e empregos do setor madeireiro, as zonas de produção madeireira da amazônia, uso de resíduos de madeira, a participação da madeira nativa amazônica em exportações e seu fluxo no mercado interno. Portanto, essa iniciativa traz um relatório síntese da evolução da produção de madeira processada em termos de volume de toras, do número de madeireiras ativas no setor madeireiro e da economia gerada por essa atividade econômica dentro da Amazônia Legal.

Redação ((o))eco ·
10 de junho de 2010 · 12 anos atrás

Leia também

Notícias
15 de agosto de 2022

Licença de operação de termelétricas na Baía de Sepetiba é suspensa pelo Inea

É o segundo revés sofrido pelo empreendimento energético em uma semana. Na terça-feira, a Aneel revogou a outorga de autorização ao projeto por descumprimento de prazos

Notícias
15 de agosto de 2022

Bolsonarismo resiste na Amazônia, mas eleitores se dividem no voto a voto

É apenas na região Norte que Jair Bolsonaro lidera na pesquisa espontânea. Na estimulada, quando os eleitores são apresentados aos nomes dos concorrentes, Lula aparece em primeiro lugar, porém ambos empatam tecnicamente

Reportagens
15 de agosto de 2022

Governadores da nova fronteira do desmatamento buscam reeleição

A criação de uma zona do agronegócio na divisa do Acre, Amazonas e Rondônia (ainda) não avançou, mas a devastação da floresta disparou. Mas nada disso parece mudar a vontade do eleitorado da região

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta