Notícias

SP tem a cara de qual bicho?

Secretaria do Verde e do Meio Ambiente de São Paulo lança consulta pública na internet para escolher o animal símbolo da cidade. Objetivo é valorizar a fauna silvestre na metrópole, pouco conhecida do público.

Redação ((o))eco ·
15 de junho de 2010 · 11 anos atrás

Já estão abertas as inscrições para escolha de qual animal silvestre é símbolo da cidade de São Paulo. A lista é composta por 15 espécies, oito delas são aves: bem-te-vi, carcará, joão-de-barro, periquito-rico, pica-pau-de-banda-branca, sabiá-laranjeira, tico-tico e tesourão. Além desses, também fazem parte da lista as espécies: bugiu, caxinguelê, prerereca-flautinha, rã-de-vidro, saruê, suçuarana, e o lagarto papa-vento.

A lista foi elaborada por técnicos da Divisão de Fauna da Secretaria do Verde de Meio Ambiente de São Paulo, com a ajuda de professores e pesquisadores do Museu de Zoologia/USP, do Instituto de Biociências/USP, do Instituto Butantã e das ONGs Save-Brasil e Centro de Estudos Ornitólógicos – CEO.

O objetivo da consulta pública é a valorização da fauna silvestre da metrópole paulistana, ainda pouco conhecida do público em geral. Não é para menos, o que mais se vê pela cidade é a profusão de carros, comandados pelo bicho homem. (Cristiane Prizibisczki)

Para votar, clique aqui

 

Leia também

Análises
29 de novembro de 2021

Compatibilizar o incompatível é solução pra quê?

Querem mudar a Lei do SNUC através de um instrumento obtuso sem suporte científico, que ignora tudo que a legislação estabelece no que concerne à proteção da nossa biodiversidade

Salada Verde
29 de novembro de 2021

ICMBio abre concurso para 171 vagas

Edital publicado nesta segunda-feira (29) oficializa o concurso para servidores do órgão ambiental, com 61 vagas para analistas e 110 de técnicos

Notícias
29 de novembro de 2021

Conama volta a debater proposta que restringe cadastro de entidades ambientalistas

As alterações propostas aumentam a burocracia e diminuem a ampla participação das entidades ambientalistas no Conama. Organizações socioambientais pedem pela rejeição do projeto

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta