Notícias

No Tocantins, Rossi defende mudanças no Código Florestal

Ministro da Agricultura diz que produtores não podem continuar sendo ameaçados, pois o Brasil tem a maior extensão de floresta do mundo. 

Leilane Marinho ·
12 de maio de 2011 · 11 anos atrás

Ministro Wagner Rossi assina convênio na abertura de feira no Tocantins (foto: Elson Caldas)
Ministro Wagner Rossi assina convênio na abertura de feira no Tocantins (foto: Elson Caldas)
Palmas – O ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi assinou nesta quarta-feira, 11, na abertura da 11º Feira Agropecuária do Tocantins (Agrotins), convênio de cooperação entre o Governo Federal e o Governo Estadual. O documento tem como finalidade ampliar a parceria entre Estado e União, numa série de ações voltadas para o agronegócio.

“Contamos com esse apoio da presidente Dilma [Rousseff], principalmente para uma área tão importante para nosso Estado, como é o setor produtivo”, afirmou o governador Siqueira Campos.

Na ocasião, Rossi defendeu a aprovação do novo Código Florestal. Acompanhando pela senadora Kátia Abreu , presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasi(CNA), o ministro disse que os produtores não podem continuar sendo ameaçados, pois o Brasil tem a maior extensão de floresta do mundo. Ele disse ainda, que 55% do país ainda é coberto de mata nativa (original) e que o Brasil deveria receber pelos serviços prestados ao meio ambiente. “Nós vamos organizar para aumentar a produção.

LAU

O governador Siqueira Campos aproveitou a presença do ministro para anunciar e assinar um projeto de lei, que será encaminhado para a Assembleia Legislativa do Tocantins, que institui o Licenciamento Ambiental Unificado (LAUtins). “Essa medida será uma revolução para os produtores tocantinenses, que não precisarão mais tirar a licença ambiental em vários órgãos”, afirmou Jaime Café, Secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário.

{iarelatednews articleid=”25023, 25007″}

Leia também

Notícias
1 de dezembro de 2021

Amazônia acumula 73 mil focos de incêndio em 2021, segundo dados do INPE

Há menos de uma semana, Bolsonaro voltou a afirmar que “floresta úmida não pega fogo”. Número de queimadas no Pampa segue em alta

Notícias
1 de dezembro de 2021

Audiência Pública discute projeto de lei que quer municipalizar áreas de preservação em Angra dos Reis

Projeto que altera gestão da APA Tamoios é da deputada Célia Jordão, esposa do prefeito de Angra. Cerca de 40 organizações se manifestaram contrárias ao PL

Reportagens
30 de novembro de 2021

Há 8 anos na Câmara, projeto que cria uma lei para o mar ainda não tem votação à vista

Série de reportagens investiga motivos da longa tramitação do projeto de lei que institui a Política Nacional para Conservação e o Uso Sustentável do Bioma Marinho Brasileiro

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta