Notícias

No Tocantins, Rossi defende mudanças no Código Florestal

Ministro da Agricultura diz que produtores não podem continuar sendo ameaçados, pois o Brasil tem a maior extensão de floresta do mundo. 

Leilane Marinho ·
12 de maio de 2011 · 11 anos atrás

Ministro Wagner Rossi assina convênio na abertura de feira no Tocantins (foto: Elson Caldas)
Ministro Wagner Rossi assina convênio na abertura de feira no Tocantins (foto: Elson Caldas)
Palmas – O ministro da Agricultura Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi assinou nesta quarta-feira, 11, na abertura da 11º Feira Agropecuária do Tocantins (Agrotins), convênio de cooperação entre o Governo Federal e o Governo Estadual. O documento tem como finalidade ampliar a parceria entre Estado e União, numa série de ações voltadas para o agronegócio.

“Contamos com esse apoio da presidente Dilma [Rousseff], principalmente para uma área tão importante para nosso Estado, como é o setor produtivo”, afirmou o governador Siqueira Campos.

Na ocasião, Rossi defendeu a aprovação do novo Código Florestal. Acompanhando pela senadora Kátia Abreu , presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasi(CNA), o ministro disse que os produtores não podem continuar sendo ameaçados, pois o Brasil tem a maior extensão de floresta do mundo. Ele disse ainda, que 55% do país ainda é coberto de mata nativa (original) e que o Brasil deveria receber pelos serviços prestados ao meio ambiente. “Nós vamos organizar para aumentar a produção.

LAU

O governador Siqueira Campos aproveitou a presença do ministro para anunciar e assinar um projeto de lei, que será encaminhado para a Assembleia Legislativa do Tocantins, que institui o Licenciamento Ambiental Unificado (LAUtins). “Essa medida será uma revolução para os produtores tocantinenses, que não precisarão mais tirar a licença ambiental em vários órgãos”, afirmou Jaime Café, Secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário.

{iarelatednews articleid=”25023, 25007″}

Leia também

Notícias
21 de janeiro de 2022

Em discurso de pré-candidatura, Ciro Gomes defende economia de baixo carbono

Durante a Convenção Nacional do PDT, o pré-candidato diz que a pauta ambiental é um instrumento de proteção dos ecossistemas e uma oportunidade de investimento

Análises
21 de janeiro de 2022

O Agro quer seguro rural, mas precisa mesmo é do Código Florestal

Sem cumprir as leis ambientais e sofrendo com mudanças climáticas, lideranças do Agro se mobilizam para ampliar o seguro rural com dinheiro público. Rios e florestas seguem em agonia. Moro já aderiu

Reportagens
21 de janeiro de 2022

Brasil registra recorde de extremos de chuva no início do verão

Entre 1º e 31 de dezembro de 2021, a equipe técnica do Cemaden emitiu 516 alertas de risco de desastres, como deslizamentos, inundações e enxurradas, para os 1.058 municípios monitorados

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta