Notícias

Gastronomia Responsável – Bruschettas de tomates e cebola

Idealizado pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, sob a curadoria de Celso Freire, o movimento Gastronomia Responsável convida chefs de cozinha a criarem pratos com princípios que unem alta gastronomia e conservação da natureza.

Rafael Tavares · Douglas Pimenta · Alexandre Hanke · Raphaela Mann de Liz ·
2 de setembro de 2011 · 10 anos atrás

Autor: Rafael Tavares, Douglas Pimenta, Alexandre Hanke, Raphaela Mann de Liz
Categoria: Entrada
Princípios: Modo de preparo: Corte os pães em fatias não muito grossas e nem muito finas. Passe uma fina linha de azeite de oliva em cada fatia, e coloque no forno em fogo baixo (aprox. 110 graus) por 10 minutos, ou até adquirirem certa crocância. Reserve. Enquanto isso, pique bem o dente de alho, e misture em uma tigela com 4 colheres de sopa de maionese. Reserve. Pique bem os tomates e a cebola, e os misture em uma tigela maior. Tempere sal e manjericão a gosto, e azeite de oliva (cerca de uma xícara de chá de azeite de oliva). Misture os tomates, cebola, e temperos e reserve. Com a ajuda de uma colher, passe a mistura de maionese e alhos em cima de cada fatia de pão, e logo em seguida, acrescente os tomates e cebolas sobre a pasta de maionese (se necessário, escorra um pouco do líquido dos tomates e cebola, para que a bruschetta fique mais crocante). Com a ajuda de um ralador, rale o queijo muçarela (é ideal que o queijo seja comprado \”em peças\”) e cubra as bruschettas com o mesmo. Tempere com orégano as bruschettas (sobre o queijo) e coloque para assar em fogo médio-alto (cerca de 180 graus) até o queijo derreter bem.

Leia também

Reportagens
25 de outubro de 2021

Exploração ilegal de madeira aumenta no Mato Grosso e chega a 88,3 mil hectares em 2020

Ilegalidade atinge 38% da área total utilizada para extração de madeira no estado. Mais de 10 mil hectares explorados de forma ilegal foram em áreas protegidas

Análises
25 de outubro de 2021

Como frear crises hídricas, as atuais e as futuras?

Acompanhamos de perto, por aqui, uma expansão imobiliária desordenada, que, à luz do dia, destrói nascentes e despeja esgoto diretamente em cursos d’água

Reportagens
25 de outubro de 2021

Como os estados cuidam da Amazônia: comparamos dados de proteção, orçamento e desmatamento

Análise exclusiva do ((o))eco se debruça sobre dados ambientais dos nove estados da Amazônia Legal para compreender diferenças e semelhanças nas políticas públicas regionais

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta