Notícias

2ª edição do Prêmio Greenbest: inscrições abertas

O portal de produtos e serviços sustentáveis, Greenvana, inicia nova rodada para escolher os melhores em 19 áreas ligadas ao meio ambiente.

Redação ((o))eco ·
18 de outubro de 2011 · 10 anos atrás

Com o número crescente de pessoas talentosas, produtos e serviços dedicados à nascente economia verde, nada como um reconhecimento.

Para eles, a Greenvana, empresa de e-commerce especializada em produtos sustentáveis, abre para inscrições a segunda edição do Greenbest, uma premiação que escolherá os melhores em 19 categorias diferentes ligadas à conservação ambiental.

As inscrições começam amanhã, 19 de outubro, e vão até o dia 22 de novembro de 2011. O resultado final será divulgado em maio de 2012

Entre as categorias que concorrerão estão: alimentação, energia, iniciativas governamentais, materiais inovadores, mobiliário, moda, projetos de arquitetura e construção, sites e aplicativos, transporte e veículo de Comunicação.

Na primeira edição do prêmio, ((o))eco foi escolhido, por júri popular, como um dos 3 melhores veículos de comunicação ambiental, junto com o site Planeta Sustentável (editora Abril) e programa Cidades e Soluções (Globo News).

Para ver todas as categorias e se inscrever, visite o site da premiação.

Leia também

Salada Verde
3 de dezembro de 2021

Paraná pretende reativar trecho brasileiro de trilha histórica que liga o Atlântico ao Pacífico

Chamada de Caminhos do Peabiru, trilha tem 1.550 no trecho paranaense, que vai de Paranaguá a Guaíra. Caminho era usado por incas e guaranis, antes da colonização

Notícias
3 de dezembro de 2021

Amapá vende terras públicas invadidas a R$ 46 o hectare

Estado possui mais de 2,5 milhões de hectares de áreas ainda não destinadas. Cerca de 50% deste total é classificado como de importância biológica extremamente alta

Reportagens
3 de dezembro de 2021

Novo Código de Mineração propõe aprovação automática de milhares de processos parados na ANM

Proposta pode afetar mais de 90 mil requerimentos que aguardam aprovações técnicas e ambientais; medida ainda interfere na criação de unidades de conservação e dificulta demarcação de terras indígenas

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta