Notícias

Emendas fazem Viana atrasar leitura do relatório do Código

A apresentação de 62 emendas ao relatório de Jorge Viana, da Comissão de Meio Ambiente, adiam a leitura para segunda-feira, dia 21/11.

Daniele Bragança ·
18 de novembro de 2011 · 10 anos atrás
“O tempo que precisamos agora é para aperfeiçoar o texto e para buscar o entendimento” disse o relator.
“O tempo que precisamos agora é para aperfeiçoar o texto e para buscar o entendimento” disse o relator.
Atolado com as emendas apresentadas na véspera da apresentação do seu relatório sobre o Novo Código Florestal na Comissão de Meio Ambiente (CMA), o senador Jorge Viana (PT-AC) preferiu transferir para segunda-feira (21/11) a leitura do texto.

Depois de ser aprovado na semana passada o relatório do senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB-SC), nas comissões de Agricultura (CRA) e Ciência e Tecnologia (CCT), agora é a vez da Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) apreciar a matéria.
 

É de responsabilidade do relator da Comissão, senador Jorge Viana, a difícil tarefa de conciliar os interesses envolvidos e a votação dos pontos polêmicos. Na semana passada, oito propostas de alteração do texto haviam sido retiradas da votação por causa do desentendimento.

Foram 62 emendas apresentadas, além das polêmicas que não foram resolvidas na reunião passada, nas comissões de Agricultura e Ciência e Tecnologia. O abacaxi a ser descascado na segunda são os pontos polêmicos do texto, como, por exemplo, estabelecer qual critério para recuperação das Áreas de Preservação Permanente (APPs).

Na quarta-feira será votado o texto da comissão, para depois seguir para apreciação no plenário.

*com informações da Agência Senado


  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta