Notícias

Dunas da Joaquina, maravilha desrespeitada pelo lixo

Caminhar pelas dunas da Praia da Joaquina, em Florianópolis, revela que as belezas naturais convivem com o lixo deixado pelos visitantes.

Karina Miotto ·
4 de janeiro de 2012 · 11 anos atrás
Foto: Karina Miotto
Foto: Karina Miotto
Normalmente as pessoas vão às famosas “dunas da joaka” para praticar sandboard ou admirar as vistas. Só que excesso de ênfase na missão pode impedir de enxergar outras maravilhas. Essa manhã, a vontade de chegar à Praia da Joaquina, em Florianópolis (SC), me tirou da cama às 6 da manhã. Saí do sul da ilha e levei meia hora para chegar. Caminhei uma hora. A bela luz do início do dia me permitiu apreciar a vegetação local e acompanhar a atividade das aves e mesmo dos insetos. Nessas circunstâncias perfeitas, a decepção foi o lixo deixado pelos frequentadores.

 

 

No meio do caminho, destoando da paisagem, ora aqui ora acolá, vi garrafas pet, bitucas de cigarro, tampas de recipientes e sacos plásticos. No local existem apenas três lixeiras que enchem até a boca pelo menos três vezes por dia. Nesta época do ano, a visitação diária das dunas chega a 500 pessoas.

Valcir Correia, da Associação de Proteção e Preservação das Dunas, também faz parte da cooperativa que promove o sandboard. “Todos os dias a gente limpa aqui”, conta. De fato, felizmente há pouco lixo nas dunas – embora a aparência de limpeza possa ser enganosa, já que a areia movida pelo vento pode enterrar os detritos.

No mínimo, deveriam existir mais lixeiras nas dunas da Joaquina.

 

 

 

Leia também

Notícias
5 de agosto de 2022

Países pobres receberam só 8% do financiamento climático

Relatório da OCDE mostra que nações ricas ficaram US$ 17 bi abaixo da meta de financiamento para 2020 e 70% do recurso foi empréstimo

Notícias
5 de agosto de 2022

Governo comemora queda em queimadas, mas número de focos cresce na Amazônia

Bioma registrou alta de 13% no número de focos entre janeiro e julho de 2022, em comparação com 2022. Período seco começa agora para maioria dos biomas

Salada Verde
5 de agosto de 2022

Jovem brasileiro é reconhecido como talento emergente por liga internacional de fotografia

O paulista Fernando Faciole foi anunciado pela Liga Internacional dos Fotógrafos pela Conservação (ILCP) como um dos jovens talentos na fotografia de natureza no mundo

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta