Notícias

Posto Ipiranga instala pontos de coleta para baterias e celulares

A rede começou a oferecer o serviço no Rio de Janeiro, capital, e espera expandir para outras áreas. Fora do Rio? Tente o site e-lixo.

Daniele Bragança ·
5 de janeiro de 2012 · 10 anos atrás
Lixo eletrônico: baterias são especialmente tóxicas. Foto: Eva de Weaver
Lixo eletrônico: baterias são especialmente tóxicas. Foto: Eva de Weaver
O Posto Ipiranga mantém desde novembro um projeto piloto na cidade do Rio de Janeiro de coleta de pilhas, baterias e celulares em cerca de 30 postos da capital. O serviço de descarte de eletrônicos funciona nas unidades Jet Oil, rede da marca especializada em troca de óleo, onde já é feita a coleta do óleo automotivo proveniente das trocas. A iniciativa começou no Rio e o próximo passo é expandi-la para outros estados.

A coleta acontecerá da seguinte maneira: todas as unidades participantes contarão com uma caixa coletora, onde qualquer pessoa poderá depositar estes materiais. Os postos repassarão o material para uma empresa de logística que separa e leva os resíduos para a reciclagem.
 
Outra opção de descarte de todo o tipo de lixo eletrônico é o site e-lixo. Iniciativa que cobre todo o Brasil, ele funciona através do Google Maps, cadastrando e mapeando postos de coleta e reciclagem. Basta colocar o endereço completo da sua residência, o tipo de e-lixo que deseja descartar (impressora, pc’s e etc) e clicar em “buscar postos de coleta”, que o banco de dados encontra os pontos mais próximos para a destinação adequada para seu lixo eletrônico.

No site do e-lixo, também é possível cadastrar novos pontos no de descarte no mapa. Basta entrar no site e seguir os passos da sessão Adicione seu posto.

Nunca é demais frisar que o lixo eletrônico, especialmente baterias de lítio — super tóxicas e difíceis de degradar – é altamente poluente.

E você, leitor? Tem uma história ou boa dica de como descartar eletrônicos? Compartilhe com a comunidade ((o))eco nos comentários.


  • Daniele Bragança

    É repórter especializada na cobertura de legislação e política ambiental. Formada em jornalismo pela Universidade do Estado d...

Leia também

Notícias
26 de novembro de 2021

Informação obtida via LAI revela que MCTI recebeu dados do desmatamento em 1º de novembro

Ministro Marcos Pontes disse que dados não foram publicados antes da Conferência do Clima porque ele estava de férias. Agenda oficial registra férias entre 8 e 19 de novembro

Notícias
26 de novembro de 2021

Jornalismo digital brasileiro se une em campanha de financiamento

Ação reúne 26 organizações com objetivo de arrecadar doações para fortalecimento do jornalismo digital de qualidade

Reportagens
26 de novembro de 2021

MPF pede anulação da Licença de Instalação do Linhão Tucuruí na terra Waimiri Atroari

Ação aponta que União e a Transnorte agem ilegalmente no licenciamento da obra. Autossuficientes em energia elétrica, os Waimiri Atroari são contra o empreendimento e sentem “a floresta sangrar”

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta