Notícias

Youth Press: nova chamada para oficina de jornalismo ambiental

Treinamento de jornalistas em ferramentas digitais de dados na cobertura de Meio Ambiente terá nova fase. Há vagas para 2 brasileiros.

Redação ((o))eco ·
12 de julho de 2013 · 8 anos atrás

           Infoamazônia: uma das ferramentas de mapeamento interativas que farão parte do treinamento                   no projeto

Projeto internacional de treinamento de jornalistas ambientais apoiado por ((o))eco treinará 9 jovens jornalistas, que aprenderão como usar ferramentas de mapeamento digital. Essa é a segunda chamada do projeto “Flag it”. Dessa vez, as oficinas acontecerão em Bucareste, na Romênia, entre os dias 7 e 13 de outubro de 2013. Há vagas para dois jornalistas ambientais brasileiros. Confira como participar.

O projeto “Flag it! – Usando ferramentas digitais para mapear questões ambientais” visa a capacitar jovens repórteres de todo o mundo a usar nas suas matérias ferramentas inovadoras, a fim de aumentar a conscientização sobre os desafios ambientais globais.

Com este fim, 48 jovens jornalistas da Europa, Ásia, África e América Latina participarão de uma curso de 7 dias, com o objetivo de interligar mídias sociais, tecnologia e informação científica. Os locais serão os seguintes: Manila (Filipinas – 9/15 de setembro de 2013) e Bucareste (Roménia – 7/13 de Outubro de 2013).

O projeto é apoiado pela Comissão Europeia através do Programa Juventude em Ação. A chamada para os participantes para os cursos de formação em Manila e Bucareste será publicado em Junho de 2013.

O curso de formação é baseado nas práticas usadas pelo site sem fins lucrativos ((o))eco para localizar em mapas o desmatamento na bacia do Amazonas, através do uso de ferramentas gratuitas de mapeamento digital (infoamazonia.org).

Os candidatos participarão de sessões específicas em:

  • “Data mining”: como explorar grandes conjuntos de dados para criar histórias e visualização.
  • Jornalismo de Dados: todo o processo de utilização de dados para criar histórias.
  • Visualização de dados: utilização de ferramentas digitais para analisar dados.
  • Mapeamento: utilização de ferramentas para criar mapas interativos.
  • Crowdsourcing: como usar diferentes fontes, como SMS, aplicativos móveis, relatórios de cidadãos, redes sociais para criar uma própria história.
  • Geojornalismo: uso de conteúdo para criar geotags e ilustrar uma própria história.
  • O curso cobrirá o uso de ferramentas como o Google Maps, Google Earth, Tabelas Google Fusion, Crowdmap, Ushahidi e Geocommons.

Depois de cada curso, os participantes serão convidados a usar suas habilidades recém adquiridas para desenvolver as próprias estórias, que serão publicadas e difundidas através do site do projeto e das redes sociais. Os autores daquelas que forem consideradas as 4 melhores reportagens terão a oportunidade de cobrir a Conferência das Partes (COP 19) na Polônia, em novembro de 2013.

O projeto  Flag it! envolve 6 organizações parceiras: a European Youth Press, o site brasileiro ((o))eco, a Rede de Jornalistas Ambientais das Filipinas (PNEJ), a Associação Nigeriana de Jornalistas de Ciência (NASJ), a Associação de Estudantes em Jornalismo e Estudos de Comunicação (ASJC), da Roménia, e do Fórum para estudantes europeus de jornalismo, da Letônia.

Perfil dos participantes:
O convite está aberto a jovens jornalistas, entre 18 e 35 anos, que são cidadãos ou residentes legais dos seguintes países: Brasil, Filipinas, Nigéria, Roménia, Letônia e todos os países em que estão localizadas as organizações participantes da European Youth Press (EYP).

Os participantes serão selecionados de acordo com seu país de residência de acordo:

  •         2 participantes de países onde estão organizações participantes da EYP;
  •         2 participantes do Brasil;
  •         2 participantes da Nigéria;
  •         1 participantes das Filipinas;
  •         1 participantes da Letônia;
  •         1 participantes da Romênia.


Requisitos:

  •         Inglês de nível intermediário;
  •         Bons conhecimentos de Informática, com um domínio básico de redes sociais;
  •         Conhecimento comprovado ou interesse em reportagens ambientais;
  •         Capacidade de ser multiplicador (qualquer envolvimento em organizações ou redes locais marca ponto).
  •         Os participantes têm de ser baseadas nos países mencionados acima.


Custos

As despesas de viagem, alojamento e alimentação são cobertas pelo evento. Informações detalhadas sobre os custos serão fornecidas aos participantes selecionados pelos organizadores.

Os participantes selecionados serão obrigados a pagar a PEJ uma contribuição de:

    200 euros para participantes do Brasil, Roménia, Letónia e os países EYP;
    100 EUR para os participantes da Nigéria e Filipinas.

Como se inscrever:

Por favor, preencha o formulário de inscrição. Os candidatos deverão:

  •     Fornecer os dados pessoais, endereço de domicílio e identificação de passaporte;
  •     Enviar o seu CV e carta de apresentação, em Inglês, explicando: seu interesse em participar do curso de formação e sua experiência anterior em reportagens ambientais.
  •     Fornecer uma lista de links com amostras de trabalhos em mídia;
  •     Conta a favor do candidato uma carta de apoio de uma mídia relevante (que pode incluir jornais escolares e/ou prova de participação ativa em blogs, redes sociais, etc.)
  • Se os materiais não estiverem escritos em Inglês, é necessário um breve resumo em Inglês para cada item enviado.
  • Por favor, note que ao aplicar você não pode escolher o curso de treinamento de que gostaria de participar. Deve ser capaz e motivado a participar de qualquer um deles.

A data limite para as inscrições é terça-feira, dia 23 de Julho de 2013 (H. 23:59 CET). Os pedidos enviados após o prazo e/ou incompletos, ou em idioma diferente do inglês serão descartados.

Contato
As perguntas relacionadas ao processo de seleção podem ser enviadas para: [email protected]


Leia também

Notícias
5 de março de 2013

Youth Press fará oficina de jornalismo ambiental no Brasil

Projeto internacional apoiado por ((o))eco treinará 24 jornalistas para mapear questões ambientais usando ferramentas digitais.

Análises
22 de outubro de 2021

Por uma nova onda de soluções para a resiliência e a saúde do oceano

Estudo do FMI estima que 8 milhões de toneladas de lixo plástico acabam no mar todos os anos, sendo 80% provenientes do continente. Se não mudarmos esse quadro, o oceano terá mais lixo do que peixes até 2050

Salada Verde
21 de outubro de 2021

Polícia Civil do Maranhão prende um dos homens que matou onça preta e se gabou nas redes sociais

Corpo do animal abatido foi filmado por três homens, que comemoraram o feito. O homem preso também será multado pelo Ibama.

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta