Notícias

Paulistanos são os que mais pesquisam sobre qualidade do ar

Análise de buscas revela interesses locais. Desmatamento é tema recorrente nos municípios do Norte e Código Florestal nos do Centro-Oeste

Daniel Santini ·
18 de julho de 2013 · 8 anos atrás

Uma análise regional de buscas feitas no Google usando como referência alguns termos relacionados ao meio ambiente revelam interesses específicos e tendências locais. Nos municípios do Sudeste, os mais afetados pela poluição, o interesse é maior por informações sobre “qualidade do ar”. Nos da região Norte, a preocupação é em saber mais sobre “desmatamento”. No Centro Oeste e em Rondônia, áreas de expansão agrícola onde muitos fazendeiros pressionam por flexibilização da legislação ambiental para poderem expandir lavouras, chama atenção o número de pesquisas sobre o “Código Florestal”. Confira abaixo alguns exemplos ou clique aqui para fazer sua pesquisa personalizada das palavras mais buscadas e tendências do Google.

Poluição

Desmatamento

Código Florestal

Preservação

Natureza

Vale analisar também a evolução da quantidade de buscas de cada um dos termos. E, neste aspecto, chama atenção a queda de pesquisa pelo termo “natureza” de 2004 até hoje. Será que estamos menos preocupados com o meio ambiente?

Clique aqui para baixar um arquivo CSV com dados da pesquisa dos termos indicados de 2004 até 14 de julho de 2013.

  • Daniel Santini

    Responsável pela plataforma ((o)) eco Data. Especialista em jornalismo internacional, foi um dos organizadores da expedição c...

Leia também

Reportagens
26 de outubro de 2021

De olho na COP-26, governo lança Programa de Crescimento Verde

Especialistas classificam iniciativa como vazia e retórica. Com desmatamento em alta e falta de políticas de controle, Brasil não terá nada de relevante para levar a Glasgow

Salada Verde
26 de outubro de 2021

Governo atualiza lista de municípios que mais desmatam a Amazônia

União do Sul (MT), Santana do Araguaia (PA) e Ulianópolis (PA) estão na lista de municípios críticos. Os três mais que dobraram a área desmatada entre 2019 e 2020

Reportagens
26 de outubro de 2021

Assim como desmatamento, exploração madeireira avança pelo norte de Rondônia

Divisa entre RO, MT e AM é conhecida como a “nova fronteira do desmatamento”. Do total explorado no estado, em ao menos 5 mil hectares e retirada de madeira foi feita de forma ilegal

Mais de ((o))eco

Deixe uma resposta